Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/22165
Title: Os bebês, a professora e os livros de literatura: reflexões sobre a mediação da leitura no Berçário
Authors: HAMPEL, Letícia Carla dos Santos Melo
Keywords: Leitura; Crianças - Livros e leitura; Incentivo à leitura; Leitura infantojuvenil
Issue Date: 30-Sep-2016
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: O presente estudo analisou o trabalho pedagógico de mediação de leitura, conduzido por professoras de turmas de berçário. De modo mais específico, buscamos: (1) identificar os tipos e a frequência das ações de mediação encaminhadas pelas docentes durante os momentos de leitura com seus grupos de bebês; (2) registrar as reações dos bebês e seus possíveis “gestos de leitura” (CHARTIER, 1996) durante essas sessões e (3) explorar as relações entre as ações de mediação das professoras e os comportamentos observados nos bebês. Para tanto, inicialmente, entrevistamos seis professoras de berçários de instituições públicas do Recife indicadas pela Secretaria de Educação Municipal. Deste grupo, foram escolhidas duas docentes que sinalizaram ler com mais frequência para seu grupo de bebês e que enfatizaram a relevância dessa atividade. Na sequência, acompanhamos seis sessões de leitura conduzidas pelas duas docentes selecionadas, em três períodos distintos ao longo de um ano letivo (nos meses de abril, agosto e dezembro). As 12 sessões de leitura foram videogravadas pela pesquisadora e uma assistente. Ao final de cada sessão também foram produzidos protocolos de observação, em que registramos informações julgadas importantes, relativas à mediação docente e às ações dos bebês (com idades entre 3 e 18 meses). Para a geração e análise dos dados recorremos a autores que desenvolveram pesquisas sobre leitura no segmento da Educação Infantil (ex.: MANTOVANI, 2014; NASCIMENTO, 2012; GUIMARÃES, 2011; RAMOS e ROSA, 2009). Além desses autores, contamos com a contribuição de pesquisas da Psicologia (CARVALHO E PEDROSA, 2005; CARVALHO, et. al. 1996) cuja produção em vídeo-gravação da interação entre bebês e seus coetâneos ou com seus educadores mostrou-se importante para a condução da pesquisa. Com base na transcrição dos vídeos, foram identificados 12 tipos de ações de mediação docente durante a leitura de livros para os bebês. Por meio das transcrições de cada uma das sessões de leitura, tais ações foram quantificadas pela pesquisadora e um segundo juiz independente. Em paralelo, observamos as ações e reações dos bebês na sua interação com os livros e com a leitura que haviam sido registradas nos vídeos e protocolos de observação. A partir desse material, apresentamos e discutimos alguns episódios que julgamos representativos dessa relação. Constatamos que as professoras lançam mão de um variado número de ações para mediar a leitura realizada com os bebês. Dentre essas, destacamos o interesse em ensinar a diferenciar o livro dos outros objetos e mostrar que ele “conta algo” através de suas páginas. Também foram frequentes as ações de descrição de elementos e acontecimentos presentes no livro e a busca por manter a atenção dos bebês e sua participação na atividade de leitura. Como ações menos frequentes, identificamos: a incorporação das reações dos bebês à leitura realizada e o uso de objetos de apoio (fantoches, por exemplo) durante a leitura. Nas situações de leitura observadas, percebemos, ainda, que as ações de mediação identificadas apresentam relação com o tema abordado no livro ou a extensão do texto. Por exemplo, as ações de relacionar o texto às características do grupo ocorriam com maior frequência em livros que abordavam partes do corpo. Também concluímos que os bebês prestam atenção à atividade de leitura, sendo responsivos a ela. Além disso, foram revelados certos comportamentos de leitura aprendidos pelos bebês, tais como: passar as páginas dos livros, apontar as ilustrações com o dedo e balbuciar enquanto apontavam as páginas. Tais tentativas de imitar as ações das professoras, reforçam seu interesse pela atividade de leitura, bem como revelam uma capacidade de observação apurada de suas leitoras de referência. O estudo contribui para ampliar os conhecimentos sobre o trabalho pedagógico referente à leitura no espaço escolar, aprofundando nosso olhar sobre os diversos tipos de ação de mediação encontrados durante a leitura com os bebês e como eles se relacionam com essa atividade. A pesquisa também colabora para refletir sobre as conexões que se estabelecem entre as características dos livros lidos, as ações de mediação da professora e as reações dos bebês durante a leitura.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/22165
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Letícia Carla dos S M Hampel.pdf4.93 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons