Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/2205
Title: Efeitos da dieta básica regional hiperssódica sobre parâmetros hemodinâmicos, autonômicos cardíacos e bioquímicos em ratos em diferentes fases do desenvolvimento
Authors: de Oliveira Soares Urbano, Fernanda
Keywords: Dieta Básica Regional;Hemodinamica;Ratos
Issue Date: 2006
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: de Oliveira Soares Urbano, Fernanda; Maria Santos Cabral, Ana. Efeitos da dieta básica regional hiperssódica sobre parâmetros hemodinâmicos, autonômicos cardíacos e bioquímicos em ratos em diferentes fases do desenvolvimento. 2006. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Fisiologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.
Abstract: Para avaliar os efeitos da má nutrição no controle autonômico cardíaco e nos níveis séricos de lipídeos e eletrólitos, ratos adultos machos foram submetidos a dois tipos de dietas: padrão Labina® normossódica (sódio 0.36g%) e Dieta Básica Regional hiperssódica (DBRh, sódio 0.95%), com teor protéico de, respectivamente, 23% e 8%. Os animais foram divididos em 3 grupos: Controle (GC), alimentados com Labina®, em todas as fases de desenvolvimento; Grupo DBRh aleitamento (DBRhA), cuja mãe recebeu DBRh, na fase de aleitamento e, nas demais, ela e sua prole foram alimentadas com Labina®; Grupo DBRh pósdesmame (DBRhPD), cuja matriz recebeu Labina®; nas fases de gestação e aleitamento e a prole, após desmame e idade adulta. Pressões Arterial Sistólica (PAS) e Diastólica foram registradas e a freqüência cardíaca (FC) determinada pela PAS. Bloqueios autonômicos (n-metilatropina+propranolol) foram realizados para determinar o tônus autonômico e a FC intrínseca (FCi). Amostras de sangue foram coletadas i.v. para dosagens de lipídios e eletrólitos. Análise estatística foi realizada através do teste de ANOVA uma via, seguido do teste de Tukey e teste de Kruskal-Wallis seguido do teste de Dunn (p0.05). No grupo DBRhA, ocorreu redução no ganho ponderal (p0.05), com perfil similar ao GC. DBRhPD apresentou redução do ganho ponderal de maior magnitude em relação ao GC e DBRhA (p0.05). Os níveis pressóricos e a FC encontraram-se elevados apenas no grupo DBRhPD (p<0.01) com aumento do tônus simpático (p<0.01) e redução do tônus vagal (p0.05) cardíaco em relação ao GC. Não foram observadas alterações nos parâmetros hemodinâmicos nos animais do grupo DBRhA, exceto pelo aumento do tônus simpático (p0.05). A FCi não sofreu alteração significativa nos grupos mal nutridos, quando comparada ao GC. Apenas o grupo DBRhPD apresentou aumento nos níveis plasmáticos de colesterol total e LDL (p<0.01). Os resultados demonstraram que a indução da má nutrição com elevado teor de sódio acarretou alterações hemodinâmicas, na modulação autonômica cardíaca e lipídicas quando a dieta foi administrada por tempo prolongado diretamente ao animal em desenvolvimento
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/2205
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Bioquímica e Fisiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo6293_1.pdf752.55 kBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.