Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/21928
Título: Procedimento adaptativo para controle de contra flechas durante a fase construtiva de estruturas em balanços sucessivos
Autor(es): SANTOS, Mariella Falcão de Lima Oliveira
Palavras-chave: Engenharia Civil; Construção; Balanços sucessivos; Contra Flecha
Data do documento: 22-Ago-2014
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: Na construção de estruturas executadas pelo Método dos Balanços Sucessivos, como no caso de pontes e marquises, os segmentos são construídos a partir do anterior, de maneira que os carregamentos de construção sejam suportados pelos trechos anteriormente executados. Conforme o balanço evolui, as deformações ocorridas atingem valores significativos e medidas corretivas necessitam ser aplicadas ainda durante a fase construtiva. A aplicação de contra flechas na estrutura é uma medida que introduz deslocamentos corretivos de modo a compensar as deformações permitindo assim que o perfil vertical de projeto seja atendido. Nessas estruturas, é realizado o acompanhamento das deformações ocorridas em cada etapa de execução da obra. O método proposto assimila os dados obtidos na leitura em cada etapa executada, atualiza o modelo estrutural, e minimiza a diferença entre as deformações reais e previstas. O procedimento utiliza o método dos Mínimos Quadrados Não Linear, onde as variáveis de projeto são parâmetros que determinam as deformações imediatas e que controlam as deformações diferidas. No programa de simulação utilizado, isto é efetuado indiretamente adotando como variáveis o fck, que determina o módulo da elasticidade, e a Umidade Relativa, que influencia as parcela das deformações devido à fluência e retração, de forma a melhor representar as propriedades do material aplicado na obra. Como as leituras de campo são realizadas após a execução de cada segmento, esse processo é iterativo. Em cada fase, novos dados são assimilados ao problema e as propriedades do material tendem a se aproximar das características do utilizado em obra. Ao aplicar essas propriedades para prever as deformações de projeto, os resultados obtidos são valores mais próximos aos reais. Com essa nova configuração deformada prevista, é possível determinar novos valores para as contra flechas que serão aplicadas aos segmentos que ainda não foram executados, a fim de atingir a configuração de projeto.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/21928
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Engenharia Civil

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO Mariella Falcão Santos.pdf3,33 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons