Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/2150
Title: Avaliação das atividades antiinflamatórias, antitumoral, e citotóxica de extratos brutos de extratos brutos de Turnera ulmifolia
Authors: SILVA, Jailson Oliveira da
Keywords: Antitumoral;Turnera ulmifolia;Carcinoma de Ehrlich;camundongos
Issue Date: 31-Jan-2010
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Oliveira da Silva, Jailson; Carneiro do Nascimento, Silene. Avaliação das atividades antiinflamatórias, antitumoral, e citotóxica de extratos brutos de extratos brutos de Turnera ulmifolia. 2010. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Abstract: Apesar das investigações e estudos científicos sobre plantas com o uso medicinal, não se conhece muito sobre os princípios ativos e as extraordinárias qualidades curativas de muitas espécies vegetais. A Turnera ulmifolia L. é uma planta encontrada em diversas partes do mundo, com aplicação na medicina popular. No Brasil, conhecida como chanana ou albina esta planta é popularmente usada no combate a úlceras gástricas e duodenais. Este trabalho teve como objetivo o estudo da atividade antiinflamatória, antitumoral e citotóxica de extratos de Turnera ulmifolia L. Foram realizados testes fitoquímicos para as classes de compostos: flavonóides, cumarinas, alcalóides, saponinas e taninos. A atividade antiinflamatória foi avaliada pelo teste de peritonite induzida por carragenina, para o estudo da atividade antitumoral utilizou-se células de tumor carcinoma de Ehrlich as quais foram retiradas de animais doadores e implantadas na região axilar de camundongos albinos swis mus musculus,após 24 horas da implantação se deu início ao tratamento quimioterápico que teve duração de sete dias consecutivos, em seguida os animais foram sacrificados, retirados tumor, fígado, rim e baço para análise histopatológica e na atividade citotóxica foram utilizadas células de linhagem K562 (Eritroleucemia), Hep-2 (carcinoma epidermoide de laringe) e NCl H292 (carcinoma de pulmão) frente a diferentes concentrações dos extratos da planta. Através da análise dos resultados o teste de peritonite demonstrou que o extrato aquoso não apresenta significativa atividade antiinflamatória. Os cálculos de porcentagem de inibição tumoral, mostraram que a Turnera ulmifolia L. nas concentrações de 3 e 10mg/kg do extrato aquoso apresentam respectivamente, 67,16% e 52,97%. Para os extratos orgânicos a atividade inibitória foi de 68,59% para n-hexano e 31,7% para o Acetato de etila sobre o crescimento tumoral quando comparada ao grupo controle com p<0,05 de significância estatística. Os extratos aquoso, n-hexano, acetato de etila e n-butanol não promoveram citotoxicidade nas linhagens celulares testadas
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/2150
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Ciências Biológicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo93_1.pdf705.5 kBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.