Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/20894
Título: Grito no Nordeste, nº 68
Autor(es): Ação Católica Rural, ACR
Palavras-chave: Êxodo Rural; Grileiros; Posseiros; Campanha Salarial
Série/Relatório no.: 68
Resumo: A maneira agressiva pela qual o meio rural se apresenta para o jovem destas regiões é o principal tema desta edição do Grito. Fica clara falta de perspectiva no campo e a principal alternativa que se apresenta é a fuga para a cidade. Neste caso, o jornal demonstra a cadeia de explorações que podem decorrer deste êxodo, como a mão de obra não qualificada e mal remunerada. Um dos problemas abordados é a falta de acesso à educação em determinadas áreas e como isso aprofunda o isolamento prático e também intelectual. A função do jovem é revisitada de várias maneiras: tanto no sentido da vocação, em relação ao evangelho, como nas próprias assembleias da ACR, nas quais os militandes se encontram nas “missões”. Por fim, são citados os recorrentes episódios de violência no campo. Eles atagonizam o apoio dos bispos à nova campanha salarial dos canavieiros recorrentemente repreendidos. Além disso, novamente Grileiros demonstram atitudes abitrárias contra posseiros no Maranhão.
Descrição: Ctalogado por Gabriela Souza | Revisado e submetido por Leilane Cruz
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/20894
Aparece na(s) coleção(ções):Jornal Grito no Nordeste

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ACR_grito_n68.pdfEdição número 68 do Jornal Grito no Nordeste da ACR58,33 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.