Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/2052
Title: Myxomycetes ocorrentes em microhabitates especiais em áreas de Floresta Atlântica no Nordeste do Brasil : espécies florícolas
Authors: de Alencar Parente, Alessandra
Keywords: Florícola;Myxomycetes;Floresta Atlântica;Heliconia
Issue Date: 2006
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: de Alencar Parente, Alessandra; de Holanda Cavalcanti Andrade, Laise. Myxomycetes ocorrentes em microhabitates especiais em áreas de Floresta Atlântica no Nordeste do Brasil : espécies florícolas. 2006. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.
Abstract: Mixobiota florícola de quatro Unidades de Conservação de Floresta Atlântica situadas nos estados de Pernambuco e Paraíba, Nordeste do Brasil. Os estudos sobre os mixomicetos concentram-se nas espécies lignícolas, foliícolas e corticícolas, encontrando-se inexplorados diversos tipos de substratos e ambientes. Pesquisas recentes realizadas em florestas úmidas evidenciaram uma elevada diversidade de espécies em inflorescências de grandes ervas tropicais. Este trabalho teve como objetivo ampliar o conhecimento sobre a distribuição nos Neotrópicos das espécies de mixomicetos florícolas, verificando a existência desse grupo ecológico em quatro Unidades de Conservação de Floresta Atlântica situadas nos estados de Pernambuco e Paraíba, em diferentes níveis altitudinais (30m-700m). Foram estudadas plantas do gênero Heliconia (Heliconiaceae, Zingiberales), cujas inflorescências são grandes, com longo período de floração; as flores apresentam tépalas levemente crassas, relativamente grandes, protegidas por brácteas duras, que criam micro-ambientes que conservam detritos e umidade; nectários extraflorais favorecem o desenvolvimento de leveduras e bactérias, fornecendo alimento para os plasmódios. A presença de mixomicetos foi pesquisada em partes mortas de inflorescências presas à planta-mãe, em cada local e através do cultivo em 368 câmaras-úmidas. Apresenta-se uma lista de 33 espécies florícolas baseada em revisão da literatura mundial e uma lista comentada das 10 espécies registradas nas Unidades de Conservação analisadas, pertencentes às Didymiaceae (Didymium, 3 spp.), Physaraceae (Physarum, 5 spp.), Trichiaceae (Arcyria, 1 sp.) e Stemonitaceae (Comatricha,1 sp.). Confirmou-se a preferência das florícolas para substratos com o pH básico. P. compressum foi comum a todas as mixobiotas estudadas, confirmando ser uma das espécies características desse grupo ecológico. D. anellus, D. minus e P. sulphureum são referidas pela primeira vez como florícolas sensu stricto. As duas Unidades de Conservação com altitude superior a 400m apresentaram composição da mixobiota florícola semelhante e significativamente diferente das situadas em altitudes inferiores a 100m. P. compressum e A. cinerea são as espécies mais características do conjunto de mixomicetos florícolas ocorrentes nas Unidades de Conservação analisadas. O presente trabalho confirma a existência de um conjunto estável e específico de mixomicetos que se desenvolvem em partes florais em decomposição das inflorescências de Heliconia sp. ainda presas na planta-mãe
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/2052
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Ciências Biológicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo5289_1.pdf7.76 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.