Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/20270
Título: Globalização e trabalho: os trabalhadores nas packing houses de manga do Vale do São Francisco
Autor(es): FEITOSA, Rodolfo Rodrigo Santos
Palavras-chave: Globalização; Produção de Manga; Vale do São Francisco; Nordeste do Brasil; Controle do trabalho
Data do documento: 30-Nov-2016
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: Esta tese trata das mudanças envolvendo o trabalho e os trabalhadores das packing houses de mangas da região do Vale do São Francisco no Nordeste do Brasil. O estudo, realizado entre os anos 2013 e 2016, problematiza essas alterações face à inserção deste contexto produtivo no âmbito dos circuitos e fluxos proporcionados pela globalização dos alimentos. Neste sentido, a entrada do Vale do São Francisco nos mercados agroalimentares globais é apreendida como uma dinâmica particular, que coloca atores, empresas e instituições locais em interação com tendências e padrões difundidos globalmente, emergindo deste contexto alterações contundentes no mundo do trabalho. Processos produtivos e relações de trabalho que envolvem os produtos de exportação passam a ser afetados pelas lógicas de controle e intensificação do trabalho. O estudo tem um recorte metodológico qualitativo, cujo material de análise é composto por entrevistas semiestruturadas realizadas com trabalhadores, por observações sistemáticas realizadas nos espaços de produção, assim como por relatos e depoimentos de outros atores sociais envolvidos na realidade da produção e exportação de mangas na região. Os dados oriundos das entrevistas são tratados sob a perspectiva da análise de conteúdo com identificação de padrões compreensivos nas falas dos atores e respectivas quantificações. A reflexão em torno dos dados é conduzida à luz da Sociologia, perpassando os estudos rurais, aqueles pertinentes ao mundo do trabalho, assim como a literatura que versa sobre a globalização e suas características. Na análise dos dados também se incorpora os debates existentes em áreas afins como a antropologia, a geografia e a economia. Os resultados obtidos apontam para a configuração de um panorama complexo e marcado por contradições no que pesa aos reflexos da globalização no trabalho nas packing houses de manga do Vale do São Francisco. Neste contexto, as ações de resistência cotidiana dos trabalhadores atingidos por rigoroso controle e elevada intensificação nas rotinas de trabalho, são entendidas como reflexo da interação entre realidades produtivas locais e mercados globais.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/20270
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - Sociologia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
FEITOSA, Rodolfo. Globalização e Trabalho (Tese - Versão definitiva).pdf3,02 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons