Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/20189
Título: Do conhecimento da natureza à natureza do conhecimento : o problema epistemológico da concepção de homem em Rousseau
Autor(es): AZEVEDO, Angélica Alves Valença de
Palavras-chave: Rousseau. Epistemologia. ética. Iluminismo.; Rousseau. epistemology. ethics. Enlightenment.
Data do documento: 13-Out-2009
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: Essa pesquisa traça o caminho epistemológico do pensamento de Rousseau demonstrado como alicerce de sua filosofia moral. Grande parte dos estudos precedentes deixaram abertas inúmeras questões ao sucumbirem na pretensão de dar historicidade ao hipotético “bom selvagem”, em detrimento da real tentativa de alcançá-lo em sua necessidade histórica. Outros tantos se lançaram na contemplação da estilística satírica do pensador, e não fizeram mais do que reduzir a dimensão crítica de seu pensamento, a um mero regateio da sociedade. Com base nisso, demonstraremos os percalços enfrentados por Rousseau, objetivando esclarecer as proporções de seu pensamento inserido onde sempre esteve: no solo do “início dos tempos” tal como pretendeu a filosofia da Ilustração; estando portanto, na medida mesma de libertar o pensamento dos preconceitos existentes nos conhecimentos metafísicos, e em consequência, desobrigado de admitir qualquer preceito justificado para além da experiência.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/20189
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Filosofia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Angelica Alves Valença de Azevedo.pdf1,2 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons