Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/20181
Title: Gestão do turismo sustentável na preservação de ambientes recifais: Experiência na Praia de Porto de Galinhas, Ipojuca - Pernambuco
Authors: SILVA, Maria Betânia
Keywords: Meio ambiente;Desenvolvimento;Preservação;Turismo;Sustentabilidade
Issue Date: 30-Aug-2011
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: Este trabalho foi realizado com o intuito de aprofundar o conhecimento sobre o turismo, suas alternativas para o desenvolvimento sustentável e a preservação do meio ambiente, pois tem sido apontado como uma alternativa econômica que pode gerar riquezas sem agredir o meio ambiente, estando, desta forma, relacionado com a ideia da sustentabilidade. Este estudo buscou, através de análise documental, visitas de campo e uso de indicadores de sustentabilidade, analisar como se encontra o turismo na praia de Porto de Galinhas e a gestão na preservação dos ambientes recifais. A gestão ambiental do turismo consiste em planejar, desenvolver e executar projetos que visem preservar o meio ambiente, estudando o desenvolvimento da atividade turística em suas relações com o ser humano. Para tanto, faz-se necessário avaliar os impactos do turismo em relação ao meio ambiente natural e cultural, considerando o potencial turístico existente, encontrando desta forma soluções que visem estimular a preservação ambiental e o desenvolvimento sustentável da atividade.Destaca-se ainda, que aqueles empreendimentos que não preservam o meio ambiente natural e cultural estão contribuindo para a destruição do seu maior tesouro e fonte de renda, pois o seu sucesso está atrelado à forma com que tratam o meio em que estão inseridos. O impacto desses negócios, pode interferir desde a qualidade do ar e da água, até a forma com que a sociedade local se desenvolve. Por esta razão, a gestão ambiental é fundamental para que boas práticas ambientais e sociais promovam a sustentabilidade do empreendimento, proporcionando à população serviços de qualidade e com responsabilidade socioambiental, além de agregar valor, de modo a trazer crescimento econômico para a região. Em termos globais, os impactos ambientais advindos do turismo ou atividades ligadas ao lazer são causados pelo manejo incorreto dos recursos naturais, porém muitas vezes tornam-se inevitáveis, o que se pretende é garantir a manutenção dos limites aceitáveis, para que não provoquem modificações ambientais irreversíveis. Por outro lado, o turismo tem um potencial de criar benefícios aomeio ambiente e contribuir na sua preservação devido à atração que exerce. Os locais naturais são considerados de valor inestimável para o turismo e a necessidade de mantê-los conservados leva a preservá-los nos vários níveis de governo, seja municipal, estadual ou federal. A realização deste trabalho mostrou que a praia de Porto de Galinhas precisa muito de investimento para que possa receber as pessoas adequadamente, com segurança, sem agredir o meio ambiente, contribuindo, assim, para a melhoria do turismo naquela localidade, possibilitando ao visitante acesso a um local que apresenta uma notável e bela paisagem, que se destaca no estado de Pernambuco e, ainda, propiciando a inclusão social, a geração de renda e melhoria das condições de vida da população, garantindo o desenvolvimento com sustentabilidade.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/20181
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Gestão Pública para o Desenvolvimento do Nordeste

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2011-dissertação-MariaBetaniaSilva.pdf5.8 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.