Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/20013
Título: Programa de residência multiprofissional integrada em saúde: uma avaliação da política de educação permanente em saúde no HC/UFPE a partir da inserção dos egressos no mercado de trabalho de 2012 A 2015
Autor(es): MOTA, Raquel Barros Andrade
Palavras-chave: Política pública; Educação em saúde; Programa de residência; Public policy; Health education; Residency program
Data do documento: 7-Out-2017
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: Um dos principais objetivos dos Programas de Residência é formar profissionais para atuarem nas áreas consideradas prioritárias do SUS, em uma clara preocupação do legislador da Política de Educação Permanente em Saúde em garantir para a saúde pública o desenvolvimento de profissionais especializados nas clínicas de interesse para a população em geral. Nesse sentido, a política em questão se importa com o retorno social da política pública ao investir na qualificação de profissionais que possam, posteriormente, atuar nas áreas de atenção à saúde de maior relevância pública e maior interesse social. Assim, a presente pesquisa pretendeu avaliar como a inserção dos residentes egressos do Programa de Residência Multiprofissional Integrada em Saúde do HC/UFPE no mercado de trabalho reflete o objetivo da Política Nacional de Educação Permanente em Saúde em formar profissionais especializados para o SUS. Metodologicamente, este trabalho constituiu-se de três momentos: pesquisa bibliográfica, pesquisa documental e estudo de caso. Os dados foram colhidos por meio de questionário eletrônico, respondido por residentes egressos que concluíram o referido Programa de Residência entre 2012 e 2015. Concluiu-se que o Programa em questão trouxe ganhos para seus egressos, expressos especialmente pela possibilidade de inserção no mercado de trabalho, ao possibilitar rever os caminhos para a formação profissional, na perspectiva de um trabalho mais integrado, com trocas de saberes, e, sobretudo, com maiores possibilidades de inserção no mundo do trabalho de profissionais aptos a oferecerem atenção à saúde qualificada. A atuação profissional dos residentes egressos do Programa de Residência Multiprofissional Integrada em Saúde do HC/UFPE na especialidade adquirida varia em função das demandas do mercado de trabalho, com os egressos permanecendo em ambientes multiprofissionais, porém atuando em diversos tipos de função, como, por exemplo, a gerência e a docência. Eles são absorvidos, em sua maioria, pelas vagas ofertadas pelo SUS, que ainda se apresenta como o maior empregador na área de saúde, mesmo que oferecendo vínculos de forma precária tendo em vista que a maioria dos egressos encontra-se sob o regime celetista.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/20013
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Políticas Públicas

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO RAQUEL BARROS ANDRADE MOTA CFCH MPPP.pdf1,2 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons