Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/19641
Título: Intertextualidade como traço constitutivo da identidade acadêmica de mestrando em Letras: a produção de artigos científicos
Autor(es): ARAÚJO, Camila Maria de
Palavras-chave: Identidade; Intertextualidade; Citações; Artigo científico; Identity; Intertextuality; Quotes; Scientific article
Data do documento: 18-Set-2016
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: Esta pesquisa tem como objetivo geral investigar como os estudantes de mestrado da área de Letras usam a intertextualidade (no caso dessa pesquisa, as citações como uma manifestação explícita da intertextualidade) para construir sua identidade acadêmica através da produção de artigos científicos. Como objetivos específicos, a pesquisa se propôs a: verificar o modo como os mestrandos em Letras empregam as citações em seus textos, refletindo escolhas retóricas que os caracterizam como participantes da comunidade discursiva da qual fazem parte; investigar como eles constroem seus argumentos a partir do discurso de outros autores; analisar como os mestrandos usam as citações nas diferentes seções dos artigos sob a influência das funções retóricas dessas seções; verificar a compreensão que eles têm da importância do artigo científico na constituição de sua identidade acadêmica. Sendo assim, nosso estudo está ligado à concepção sócio-construtivista de identidade, com autores como Hoffnagel (2008; 2009; 2010), Woodward (2012), Silva (2012) e Moita-Lopes (2003; 2011), aos Novos Estudos de Letramento, com Street (1984; 2007) e Lea e Street (1998), às concepções de gênero na perspectiva social, com Bazerman (2005), à concepção de intertextualidade com Bazerman (2011). Escolhemos como primeiro corpora para análise 18 artigos científicos produzidos por mestrandos do Mestrado Profissional em Letras (PROFLETRAS) da Universidade de Pernambuco (UPE – Campus Garanhuns), turma 2013.2. Também aplicamos um questionário a esses estudantes, cujas respostas compuseram nosso segundo corpora. Nesse sentido, nosso foco foi analisar o modo como esses estudantes utilizaram as citações em seus artigos, observando as estratégias retóricas por eles utilizadas nessa prática. A análise das citações foi feita com base nas categorias proposta por Swales (1990), Cortes (2012) e Hoffnagel (2009). Justificamos a escolha pelo gênero artigo científico como nosso objeto de análise pelo motivo de que este se configura um gênero altamente marcado pelas vozes de diversos autores, bem como porque trata-se de um gênero importante na academia por movimentar com mais recorrência a atividade de pesquisa que, por sua vez, movimenta a própria universidade. Com a análise das citações, pudemos perceber as estratégias utilizadas pelos mestrandos em Letras que revelaram aspectos de sua identidade acadêmica. Os dados analisados revelaram a preferência desses estudantes por citações que privilegiam mais o autor citado como um nome de valor do que sua mensagem. Também, com a análise dos dados, verificamos a preferência pelo modo indireto de citar, embora as citações diretas tenham sido mais utilizadas como base para novos argumentos. Quanto às citações utilizadas em cada seção dos artigos, observamos que os estudantes, de modo geral, se mostraram coerentes ao empregar as citações de acordo com as funções retóricas dessas seções, mostrando também, através de suas respostas ao questionário, que compreendem o artigo científico como um gênero que propicia sua identidade como autor e pesquisador.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/19641
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Linguística

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissert_Camila-BC.pdf847,52 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons