Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/19537
Título: Avaliação da importância para a viabilidade celular de três homólogos do fator de iniciação da tradução EIF4E de Leishmania sp
Autor(es): LIMA, Gustavo Barbosa de
Palavras-chave: eIF4F; EIF4E; Expressão gênica; tripanosomatídeos; eIF4F; Regulation of gene expression; Trypanosomatids
Data do documento: 9-Mar-2016
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: A família de protozoários tripanosomatídeos apresenta características moleculares diferenciadas dos demais eucariotos, onde a regulação da expressão gênica é feita principalmente em nível pós-transcricional. Como em outros eucariotos, acredita-se que a iniciação da tradução seja uma etapa crítica de controle pós-transcricional, onde atuam diferentes fatores de iniciação da tradução (eIFs). Nesta etapa os pontos centrais são o reconhecimento do mRNA maduro e o recrutamento do ribossomo para dar início ao processo, atividades realizadas pelo complexo eIF4F, formado por três subunidades: eIF4E, eIF4A e eIF4G. Nos tripanosomatídeos foram descritos seis homólogos de eIF4E, a proteína de ligação ao cap. Dois destes, EIF4E3 e EIF4E4, participam da formação de complexos envolvidos no processo de tradução e outros dois, EIF4E5 e EIF4E6, participam de novos complexos de função desconhecida. Destes quatro homólogos, o EIF4E4 já foi caracterizado, de forma que o presente trabalho visa contribuir para o entendimento da importância dos demais (EIF4E3, EIF4E5 e EIF4E6) na viabilidade e taxa de crescimento celular de Leishmania sp. Construções gênicas foram geradas de forma a permitir a deleção das duas cópias gênicas de cada proteína por meio da transfecção de Leishmania e seleção com antibióticos. As três proteínas, e mutantes do EIF4E3, foram ainda expressas em parasitas transgênicos para a realização de experimentos de complementação. Os resultados mostram que os baixos níveis de expressão de EF4E5 e EIF4E6 indicam que as três proteínas parecem ser importantes para a viabilidade celular com funções não sobrepostas. Sítios específicos no EIF4E3 foram também identificados de forma isolada como essenciais para a função da proteína e críticos para a sobrevivência do organismo. Os resultados obtidos neste trabalho mostram a importância do estudo do papel destes homólogos de eIF4E na síntese protéica, assim com seu papel na biologia celular de tripanossomatídeos.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/19537
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Genética

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Gustavo Barbosa de Lima PPGG UFPE 2016.pdf2,18 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons