Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1953
Title: Produção de Candida utilis utilizando o hidrolisado do resíduo sólido da indústria camaroneira
Authors: Pereira Gomes, Eduardo
Keywords: Leveduras;Camarão;Suplemento alimentar
Issue Date: 2005
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Pereira Gomes, Eduardo; Luiz de Lima Filho, José. Produção de Candida utilis utilizando o hidrolisado do resíduo sólido da indústria camaroneira. 2005. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Bioquímica, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2005.
Abstract: O resíduo sólido da indústria camaroneira após hidrolisado (HRC), foi investigado como meio de cultura para produção de biomassa de levedura. HRC foi utilizado como única fonte de nutrientes para o screening de leveduras (Kluyveromyces marxianus, Saccharomyces cerevisiae, Candida utilis e Rhodoturula glutinis), em cultivo de batelada em 100 ml de volume de trabalho, 30oC, pH inicial 7,8 ± 0,4, e 150 rpm. Uma vez selecionada a levedura mais apropriada, foi avaliado o seu crescimento em diferentes valores de concentração de glicose (1% e 2%) , pH inicial (6,0 e 7,5) e temperatura (30o C e 35oC) de acordo com um planejamento fatorial 23 completo. Este experimento foi conduzido em 100 ml de HRC a 150 rpm. Após a determinação das melhores condições de cultivo, foram realizados testes de escalonamento para 800 ml utilizando, HCR e HRC diluído 1:1 com água destilada (HCRD), ambos suplementados com 2% de glicose e, como padrão, o meio YPD [1% (p/v) extrato de levedura, 2% (p/v) peptona, 2% glicose]. Este experimento foi realizado em bioreator com 1vvm, 30oC, 7.8 ± 0.4 pH inicial e 150 rpm. Como resultado do screening de leveduras a C. utilis apresentou a melhor produtção de biomassa em HRC, com os melhores resultados de crescimento após 36 horas de cultivo, 1,8 g/l, 0,27 /h e 0,47 g/g, para produção de for biomassa (X), taxa de crescimento específico máximo (μmax) e rendimento (Y), respectivamente. O planejamento fatorial utilizado para C. utilis demonstrou que a glicose contribuiu para o aumento da produção de biomassa no hidrolisado, porém nenhuma diferença significativa foi observada quando avaliado os diferentes valores de concentração de glicose, pH e temperatura, com valores médios em de X =3,55 g/l, Y= 0,15 g/g, μmax =0.26 h -1, após 12 horas de cultivo. As condições de 2% de glicose, pH 7,5 e temperatura de 30ºC, foram mantidas para os testes em bioreator. A curva de crescimento de C. utilis em HRCD foi comparável com a observada em meio YPD. Em 12 horas de cultivo, no entanto HRCD apresentou maior produção de biomassa X (HRCD) = 7,04 g/l enquanto X (YPD) = 6,25 g/l. Estes resultados demostram que o HRC pode ser usado como substrato para produção de biomassa de C. utilis, quando suplementado com glicose. Adicionalmente, a contribuição do peso seco do HRC no produto final contribui para o aumentar o valor nutricional da biomassa e oferecer um característico flavor de camarão para o produto, o que favorece o seu uso como suplemento alimentar
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1953
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Bioquímica e Fisiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo4834_1.pdf556.38 kBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.