Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1920
Título: Imobilização de tripsina em membranas produzidas por Zoogloea sp
Autor(es): Helena Mélo Cavalcante, Ana
Palavras-chave: Imobilização; Tripsina; Membrana polissacarídica; Zoogloea sp
Data do documento: 2005
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Helena Mélo Cavalcante, Ana; das Graças Carneiro da Cunha, Maria. Imobilização de tripsina em membranas produzidas por Zoogloea sp. 2005. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Bioquímica, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2005.
Resumo: Tripsina (E.C. 3.4.21.4) foi imobilizada covalentemente em membranas de exopolisacarídeo celulósico produzido pela Zoogloea sp. em melaço de cana de açúcar. Grupos carbonila foram introduzidos na matriz através da oxidação com metaperiodato de sódio e a enzima foi imobilizada diretamente e através de albumina de soro bovino (BSA) como espaçador. A retenção de atividade na tripsina-membrana e na tripsina-BSA-membrana foi, respectivamente, 37,2% e 9,16% da atividade específica da enzima nativa atuando no benzoil-DL-Arginina-p-Nitroanilida. Não foi observado decréscimo de atividade em ambos os preparados após sete reutilizações assim como eles mostraram ter mais estabilidade térmica do que a enzima nativa. A tripsina-BSA-membrana apresentou a mesma atividade inicial (99%) após 54 dias de estocagem em solução tampão Tris-HCl 0,1M, pH 8,0 a 4ºC, mas a tripsina-membrana perdeu 15% de sua atividade. Além disso, procedimento similar em que as preparações foram reusadas a cada nove dias mostraram que a tripsina-BSA-membrana novamente foi mais estável (decresceu 31% em atividade) do que a tripsina-membrana (decresceu 69%). Estes resultados demonstraram que esta matriz celulósica pode ser usada para imobilização de tripsina e que a presença de BSA como braço apresentou uma matriz mais adequada
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1920
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Bioquímica e Fisiologia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo4829_1.pdf863,93 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.