Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18807
Título: Respostas hipotensoras a um programa de dança de salão de doze semanas em mulheres idosas hipertensas
Autor(es): SANTOS, Graciele Maria da Conceição dos
Palavras-chave: Dança de Salão; Hipertensão em idosos; Envelhecimento
Data do documento: 17-Mai-2017
Citação: SANTOS, G. M. C.
Resumo: O Brasil está envelhecendo e esta afirmação cria novas demandas de programas de saúde, manutenção e lazer para o público idoso. A hipertensão arterial sistêmica é uma doença crônica de condição multifatorial que prevalece entre os idosos. Por outro lado, a dança, que é praticada desde os povos da antiguidade para adorar seus deuses, evoluiu e atualmente é atividade física praticada em salões, sendo introduzida no Brasil pela família real, a dança de salão é aliada para a melhora das condições de saúde da terceira idade, conforme relata a literatura. Neste sentido, este trabalho buscou averiguar as implicações da dança de salão na pressão arterial sistêmica de mulheres idosas do projeto de extensão Envelhecer com Qualidade do Centro Acadêmico de Vitória de Santo Antão da Universidade Federal de Pernambuco – CAV/UFPE. Para efeito, a pesquisa buscou no método experimental a base para guiar as ações, associada à análise de cunho bibliográfico. Metade das idosas avaliadas tem entre 65 e 70 anos de idade, todas são hipertensas e utilizam medicamentos para controle da hipertensão arterial sistêmica. Como resultado da análise estatística, desde a primeira semana de atividade de dança de salão observou-se a redução da pressão arterial das mulheres, sendo ao longo de doze semanas comprovado o efeito hipotensor. Diante disso, pode-se perceber a importância da atividade de dança de salão como meio paliativo e alternativo para promover a redução da pressão arterial sistêmica, agindo como atividade de lazer e manutenção da saúde da população idosa, contribuindo para futuras pesquisas visando à adequação da demanda social futura de saúde e respeito aos idosos. Assim, conclui-se que a dança de salão é um meio eficaz de tratamento e controle da hipertensão arterial sistêmica de idosas.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18807
Aparece na(s) coleção(ções):TCC - Educação Física (Bacharelado)

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
SANTOS, Graciele Maria Conceição.pdf1,38 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons