Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18780
Título: Fatores associados ao impacto nas atividades diárias relacionadas à saúde bucal de adolescentes cardiopatas
Autor(es): RODRIGUES, Simone da Silva
Palavras-chave: Saúde Bucal. Doenças Crônicas. Qualidade de Vida.; Oral health. Chronic disease. Quality of life.
Data do documento: 20-Abr-2016
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: As doenças bucais constituem uns dos grandes problemas de saúde pública mundial. Das repercussões que as doenças bucais, sabidamente reconhecidas, causam nos indivíduos sem envolvimento sistêmico, estas podem e são bem maiores quando nos referimos aos pacientes portadores de outras doenças crônicas. O objetivo dessa dissertação foi avaliar os fatores associados ao impacto nas atividades diárias relacionadas à saúde bucal de adolescentes cardiopatas. Trata-se de um estudo observacional, do tipo série de casos, realizado no Complexo Hospitalar do Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira (IMIP), localizado em Recife – PE, no período de março/setembro de 2015. Foram elegíveis 83 adolescentes, de ambos os sexos, com idade entre 15 e 19 anos que estavam em atendimento ambulatorial na Cardiologia Pediátrica do IMIP no período da coleta de dados. Avaliaram-se características sócio demográficas, psicossociais, comportamentais, acesso aos serviços odontológicos, clínicas (cárie dentária e presença de placa bacteriana visível) e o impacto da saúde bucal nas atividades diárias através do instrumento Oral Impact on Daily Performances (OIDP). Os dados foram analisados através do programa SPSS versão 13.0. Os resultados estão apresentados com suas respectivas frequências absolutas e relativas. Para a análise estatística do OIDP, os escores produzidos foram dicotomizados, de modo a criar uma variável binária: ≥ 1 resposta positiva = com impacto negativo; 0 resposta positiva = sem impacto negativo. Com o propósito de identificar possíveis fatores associados (sócio demográficos, psicossociais, comportamentais, acesso aos serviços odontológicos e frequência de cárie dental e/ou presença de placa bacteriana visível) ao impacto negativo nas atividades diárias foi utilizado o Teste Exato de Fisher. Consideradas significantes as variáveis que obtiverem um valor p < 0,05. A frequência de adolescentes cardiopatas com pelo menos um impacto negativo na saúde bucal afetando seu desempenho diário nos últimos 6 meses foi de 89,2%. A análise dos possíveis fatores associados constatou que reprovação escolar (p = 0,024) e motivo da última consulta ao dentista (p = 0,007) demonstraram associação significativa com o impacto negativo nas atividades diárias relacionada a saúde bucal. Adolescentes mais vulneráveis que frequentam serviços odontológicos quando possuem dor apresentam mais impacto negativo na qualidade de vida relacionada a saúde bucal.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18780
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Saúde da Criança e do Adolescente

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERT SIMONE RODRIGUES.pdf820,81 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons