Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18779
Title: Sobre as pontas dos pés: Considerações a respeito do ensino do balé clássico, do seu imaginário e da saúde
Authors: LOPES, Juliana Siqueira
Keywords: Saúde da criança. Pesquisa qualitativa. Dança. Balé clássico. Sapatilha de ponta.;Child health. Qualitative research. Dancing. Ballet. Pointe shoes.
Issue Date: 25-Apr-2016
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: Um dos elementos característicos do balé clássico é o uso da sapatilha de ponta, um calçado que possibilita a dança na ponta dos pés. Seu uso remonta ao período romântico na dança (século XIX), e foi um dos elementos que tornou possível a reprodução dos significados estéticos desse movimento artístico. O uso da sapatilha de ponta é encarado como um ritual de passagem para toda aspirante a bailarina. Normalmente cabe ao professor avaliar suas alunas e decidir o momento ideal para começar a prática nas pontas, o que deve ser feito de maneira responsável, caso contrário, vários danos podem ser causados à saúde da praticante. Reconhecendo a complexidade do processo de indicação e com a ideia de identificar elementos que o envolvem, o objetivo do estudo foi compreender como ocorre o processo de indicação do uso da sapatilha de ponta sob o ponto de vista de professores e alunas de Balé Clássico. Foi feito um estudo descritivo e exploratório, conduzido pela abordagem qualitativa. Participaram da pesquisa catorze professores e onze alunas de balé clássico de instituições privadas da cidade do Recife. Para a coleta dos dados, ambos os participantes foram submetidos a um roteiro para entrevista semiestruturada. Para as alunas, foi acrescida a solicitação de desenho(s) e narrativa da(s) imagem(ns) construída(s). Todas as falas foram gravadas e transcritas. Os dados foram submetidos à análise de conteúdo (BARDIN, 2011), com auxílio do software Atlas.ti for Mac. Após a análise das falas, os resultados foram agrupados em duas categorias analíticas/temáticas: os professores, o ensino do balé e a indicação para o uso da sapatilha de ponta e as alunas, a prática do balé e o uso da sapatilha de ponta. Para os professores, o ensino do balé apresentou-se marcado por dualidades envolvendo suas crenças versus realidade, bem como a presença dos conhecimentos empírico e científico; a indicação para o uso da sapatilha de ponta teve a ver com a abordagem didático-pedagógica e a verificação de critérios, tanto objetivos quanto subjetivos. As alunas pareceram ter clareza dos requisitos importantes para o uso da sapatilha de ponta, mas também compreenderam que a palavra final é do professor. Os significados referidos à sapatilha foram marcados pela expectativa, por uma forte presença iconográfica, pela influência de modelos ao longo da formação e por valores estéticos. Estes significados remeteram-se a ideais de feminilidade, estimulando comportamentos esperados para uma aspirante a bailarina. Os achados da pesquisa servem de subsídios para nortear novos estudos, ampliando a discussão sobre o tema em questão e, possivelmente, auxiliando na construção de propostas de intervenção que aliem conhecimentos da Arte, Educação e Saúde.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18779
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Saúde da Criança e do Adolescente

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
VERSÃO FINAL DISSERTAÇÃO.pdf30.24 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons