Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18773
Title: Avaliação da disfagia na doença de Parkinson: um estudo utilizando eletromiografia de superfície
Authors: BELO, Luciana Rodrigues
Keywords: Eletromiografia de Superficie. Doença de Parkinson. Disfagia neurogenica. músculos. Deglutição.; Electromyography Surface. Parkinson's disease. Neurogenic dysphagia. muscles. Swallowing.
Issue Date: 14-Mar-2016
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: A Eletromiografia de Superfície (EMGs) vem sendo bastante utilizada em pesquisas para o estudo da deglutição. Desta forma, o objetivo desta tese foi avaliar e comparar parâmetros da EMGs dos músculos supra-hióideos na deglutição de volumes fixos e consumo contínuo de água entre sujeitos com doença de Parkinson (DP) disfágicos e sujeitos com deglutição normal composto por sujeitos com DP e sujeitos sem sequelas neurológicas, considerados normais (grupo controle). Tratou-se de um estudo analítico descritivo do tipo transversal com amostra de conveniência. Foi desenvolvido no laboratório de Eletroneuromiografia em parceria com o Programa Pró-Parkinson e Real Hospital Português entre Setembro de 2014 à Abril de 2015. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Federal de Pernambuco, sob ofício nº 842/2011. Os sujeitos assinaram o termo de consentimento livre e esclarecido, responderam a ficha de registro de dados e foram submetidos à EMGs dos músculos supra-hióideos na deglutição dos volumes fixos de 10 e 20 ml e no consumo contínuo de 100 ml de água. Apenas o grupo DP realizou o estadiamento pela escala de HY, foi avaliado a partir do mini exame do estado mental, para identificar dificuldades cognitivas que impeçam a realização da EMGs e submetido à Videoendoscopia da deglutição com a aplicação da escala de severidade da disfagia ao protocolo de avaliação específico deste exame. Apenas o grupo controle respondeu ao questionário de qualidade de vida em disfagia. O período total de coleta foi de sete meses. Os dados foram processados pelo BioanalyzerBR versão 2 e a análise estatística foi realizada pelo programa STATISTICA por meio da análise de variância (ANOVA), teste Exato de Fisher e o KAPPA, considerando nível de significância menor que 0,05. No grupo DP disfágico foi observado uma frequência maior de deglutição em partes no volume de 20 ml de água. Esta variável, em ambos os volumes testados, apresenta alta especificidade (97% - 10 ml e 94% - 20 ml), alto valor preditivo positivo (91% - 10 ml e 87%), odds ratio com boa razão (19.4 – 10 ml e 15.0 - 20ml) e houve significância estatística para ambos. A duração no grupo DP disfágico é mais prolongada em ambos os volumes fixos testados (Efeito principal para grupos - ANOVA: p= 0.0028*). O volume fixo de 10 ml apresenta especificidade de 91%, valor preditivo positivo 80% e odds ratio de 12.9 podendo ser considerado um bom teste para identificar a disfagia. Na prova do consumo contínuo de 100 ml de água, o número de deglutições foi maior, duração total mais prolongada e volume médio por gole menor no grupo DP disfágico, com significância estatística. O número de deglutições e o volume médio por gole apresentaram especificidade alta (88%), valor preditivo positivo alto (78%) e odds ratio de 8.2 com significância estatística para ambos. O registro eletromiográfico da deglutição em partes nos volumes fixos, duração da deglutição de 10 ml de água, número de deglutições, volume médio por gole, obtidos na prova do consumo contínuo de 100 ml de água, podem ser úteis para a indicação da disfagia neurogênica nos pacientes com DP. Sendo importante associar seus resultados às informações colhidas na avaliação clínica inicial.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18773
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Neuropsiquiatria e Ciência do Comportamento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese final 8.pdf4.84 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons