Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18664
Title: A satisfação dos alunos de Ciências Contábeis durante e após a utilização de recursos audiovisuais: uma análise mediante o perfil socioeconômico e de hipercultura
Authors: RODRIGUES, Maria Emanuela de Paula Cardoso da Silva
Keywords: Satisfação;Educação Contábil;Recursos Audiovisuais;Recursos Tecnológicos;Hipercultura;Satisfaction;Accounting Education;Audiovisual Resources;Technological Resources;Hyperculture.
Issue Date: 9-Dec-2016
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: Este trabalho teve como objetivo geral, verificar se a utilização dos recursos audiovisuais (RA) interfere na satisfação dos discentes no processo de ensino – aprendizagem nas Ciências Contábeis, à luz das características de hipercultura (Souza et al., 2012) e do perfil socioeconômico. Para isso, foi necessário a realização de um quase-experimento, onde foram acompanhadas duas turmas da disciplina de Contabilidade Societária I, da Graduação de Ciências Contábeis da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), onde na primeira unidade foi aplicado o recurso audiovisual (RA), no caso as vídeo-aulas, e na segunda unidade foi aplicado a metodologia de ensino tradicional, ou seja, face-a-face na sala de aula. Para realizar o acompanhamento da satisfação dos alunos nas aulas com e sem o uso de RA, foi necessário a aplicação de 12 (doze) questionários ao longo do período, visando conhecer o perfil socioeconômico, as características de hipercultura, a adaptação e o nível de satisfação dos discentes em relação ao ambiente de ensino em geral.Com isso, foi possível acompanhar a evolução ou retrocesso dessas variáveis no ensino na primeira e segunda unidade. Para responder ao objetivo geral e específicos da pesquisa, fez-se uso da estatística descritiva e inferencial, com a aplicação do Teste de Qui-Quadrado, adotando-se um nível de confiança de 90%. A amostra desse estudo foi de 40 (quarenta) alunos do quarto período da UFPE. Os resultados demonstraram em geral, que, nas aulas com o uso do recurso audiovisual, 87,5% dos discentes tiveram uma satisfação que variou entre “excelente” e “bom”, enquanto que no ensino sem o uso de RA, 75,0% da amostra apresentou essa variação. Resultando, portanto, em uma maior, satisfação dos alunos nas aulas com os vídeos, apesar do que as comparações das adaptações e satisfação dos discentes nas duas unidades evidenciam. Porém, tudo indica que as variáveis que foram favoráveis para as aulas com o uso de RA, influenciam mais na motivação e fatores intrínsecos ou satisfatórios dos alunos, do que as outras variáveis, causando portanto, a satisfação dos alunos conforme Teoria de Herzberg et al. (1967). Além disso, encontrou-se que apesar da definição do perfil socioeconômico dos alunos e a utilização do mesmo, para executar a relação com as outras variáveis, ter contribuído na busca do entendimento da satisfação dos estudantes, percebe-se que o perfil não consegue justificar e explicar, os fatores intrínsecos dos discentes que podem influenciar na satisfação. Porém, nas relações envolvendo as características de hipercultura foram encontradas maiores explicações, que possibilitassem o entendimento dos fatores intrínsecos ou satisfatórios, que motivam ou não o aluno. Como também, os resultados encontrados em relação a hipercultura, apresentaram pontos positivos para a adaptação e satisfação dos alunos no ensino com o uso de RA, pois demonstra que os sujeitos da amostra estão frequentemente em contato com diversos tipos de recursos tecnológicos.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18664
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Ciências Contábeis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação pronta.- Maria Emanuela de P. C. da S. Rodrigues .pdf2.17 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons