Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18628
Título: Estudos de caracterização de um novo agente esquistossomicida e tripanossomicida (LPSF/GQ-238)
Autor(es): ANDRADE, Fabrício Havy Dantas de
Palavras-chave: Tiazolidinas;Doença de chagas;Esquistossomose;Thiazolidines;Chagas disease;Schistosomiasis
Data do documento: 16-Fev-2016
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: O 3-(2,6-diflúor-benzil)-5-(5-bromo-1H-indol-3-ilmetileno)-tiazolidina-2,4-diona (LPSF/GQ-238) é um análogo indólico-tiazolidínico, apresenta potencial atividade esquistossomicida e tripanossomicida. Poucos relatos na literatura mostram a eficácia de uma substância contra a esquistossomose e a doença de chagas. Estas doenças são consideradas doenças debilitantes e afeta milhões de pessoas no mundo. Assim, o objetivo deste trabalho foi realizar a caracterização físico-química do LPSF/GQ-238 visando conhecer suas propriedades químicas e físicas para desenvolvimento de uma nova alternativa de tratamento para as doenças supracitadas. O estudo abrangeu a caracterização físico-química, estabilidade térmica e compatibilidade fármaco-excipiente por técnicas espectroscópicas (IV, RMN), termoanalíticas (DSC, DSC-fotovisual, TG e Pyr-CG/EM), validação do método analítico, bem como DRX e MEV. Os resultados obtidos da avaliação físicoquímica do LPSF/GQ-238 frente a diferentes técnicas permitiram caracterizá-lo do ponto de vista físico, químico e morfológico. O protótipo apresentou-se com 99,5% de pureza, funde a 272,48 ± 0,28 °C e entalpia de 78,31 ± 4,31 J.g-1 com pico endotérmico de fusão característico de uma forma cristalina que foi corroborado pela DRX, com habito cristalino do tipo agulha por MEV, apresenta baixa solubilidade aquosa e cinética de decomposição de ordem zero. O estudo de compatibilidade evidenciou possíveis incompatibilidades químicas e/ou físicas entre o LPSF/GQ-238 e os excipientes estudados. Concluí-se que a caracterização da NEQ obteve resultados sólidos sobre o comportamento físico e químicos de um protótipo antiparasitário para tratar a esquistossomose e a doença de chagas.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18628
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Ciências Farmacêuticas

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Andrade, Fabricio Havy Dantas de.pdf3,34 MBAdobe PDFVer/Abrir    Item embargado


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons