Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18538
Título: Condicionantes do uso efetivo de big data e business analytics em organizações privadas: atitudes, aptidão e resultados
Autor(es): SANTOS, Ijon Augusto Borges dos
Palavras-chave: Big Data.Business Analytics. Hipercultura. Teoria da estruturação; Big Data. Business Analytics. Hyperculture. Structuration Theory.
Data do documento: 31-Mai-2016
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: A presente dissertação busca explicar os fatores condicionantes para a adoção efetiva de Big Data e Business Analytics por parte das Organizações Privadas de Pernambuco em termos de atitudes, aptidão e resultados. Para esse fim, um apanhado teórico-conceitual é reunido sobre o avanço no tráfego de dados na era da Revolução Digital e a predisposição das organizações em se apropriar das tecnologias compatíveis de informação e comunicação que transformam o modus faciendi e o modus pensandi da sociedade. No corpus de pesquisa se destacam duas teorias fundamentadoras: A Teoria da Mediação Cognitiva e a Teoria da Estruturação (base do Modelo de Estruturação de Tecnologia). Ambas exploradas no cerne da questão da dualidade tecnologia-uso, em que o convívio com artefatos tecnológicos em interação com as ações humanas inicia um processo mútuo de influência entre esses elementos, constituindo uma nova modalidade de mediação denominada Hipercultura. Em um método quantitativo de pesquisa, tais construtos serão relacionados entre si e investigados em 183 líderes estratégicos pernambucanos, além de comparados com indivíduos equivalentes de outras naturalidades e nacionalidades por meio de um formulário especialmente preparado. Os resultados obtidos indicam o nível de prontidão das empresas sobre este tema e a relação com o sucesso ou fracasso, quando considerados os níveis de hipercultura, de capacidade analítica e das condições de Tecnologias de Informação e Comunicação existentes nas empresas. Ao final do estudo, são levantados possíveis desdobramentos para os conceitos introduzidos.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18538
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Administração

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação de Mestrado_PROPAD_UFPE_Ijon Santos.pdf2,94 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons