Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18475
Title: Análise dos processos verbais dizer e afirmar no gênero acadêmico dissertação de mestrado
Authors: PENHA, Rebeca Fernandes
Keywords: Linguística Sistêmico-Funcional;Sistema de Transitividade e Modalidade;Processos dizer e afirmar;Systemic Functional Linguistics;System of Transitivity and Modality;Process say and affirm
Issue Date: 7-Aug-2015
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: Essa dissertação tem como objetivo analisar o funcionamento dos Processos Verbais dizer e afirmar e seus Participantes, bem como as Modalidades que se apresentam atreladas a esses Processos, em dissertações de Linguística, defendidas no Programa de Pós-Graduação em Letras da UFPE (PPGL-UFPE) no período de 1985 a 2004. Pretende-se entender como esses Processos contribuem para a argumentação característica desse gênero acadêmico. Para chegar a esse fim, recolheu-se essas dissertações do website do Projeto Letras Digitais, e, em seguida, aplicou-se o software Wordsmith Tools que, através da ferramenta Concord, forneceu uma listagem com todas as ocorrências dos Processos dizer e afirmar. Essas ocorrências, com foco naquele que diz e naquilo que é dito, foram analisadas e classificadas de acordo com seu padrão léxico-gramatical: tipos de Dizente (Participante 1), tipo de Locução (Participante 2). Para fundamentar as análises, apoiou-se na Linguística Sistêmico-Funcional (LSF) e em sua concepção da língua como semiótica social. Dessa teoria, por ter-se como foco estudar os Processos Verbais e suas Modalidades, deteve-se no Sistema de Transitividade (Metafunção Ideacional) e no Sistema de Modalidade (Metafunção Interpessoal). Para a LSF, o Sistema de Transitividade é a categoria léxico-gramatical que representa as ideias de nossas experiências humanas, codificados em um conjunto de diferentes tipos de orações, com diferentes modos de transitividades, como é o caso dos Processos Verbais, os quais são responsáveis pela introdução de um dizer, mediante a associação com três Participantes: dois obrigatórios – Dizente e Verbiagem/Locução; e um opcional – o Receptor. Já o Sistema de Modalidade corresponde aos diferentes graus de certeza que pode compor uma oração e pode apresentarse de duas maneiras: Modalização e Modulação. Os resultados obtidos revelaram a predominância do Processo dizer, em relação ao Processo afirmar, o que permitiu interpretar esse fato como aproximação da oralidade, o que foge ao prescrito para os gêneros acadêmicos. Nossos dados também apontaram que os Dizentes são codificados de quatro maneiras distintas: Grupo Nominal (GN); Grupo Pronominal (GP); Grupo Desinencial (GD) e Sujeito Indeterminado (SI). Dentre esses, foi predominante a presença dos GN, trazendo para o texto vozes de autoridade e de outros discursos alheios em Discurso Direto e em Discurso Indireto; esses último bem mais recorrentes. Nos demais tipos de Dizentes, ressalta-se a presença dos autores, em Discurso Indireto, trazendo seus próprios dizeres, ldenominados de ditos do mestrando. Muitos desses ditos, quando apresentado, são seguidos de Modalidade, atenuando, assim, o que é dito pelos próprios autores. Nossas análises nos levaram a concluir que os Processos Verbais são fundamentais para o desenvolvimento da argumentação pretendida em cada texto, uma vez que permite a circulação de diferentes dizeres, e, dessa forma, garantem a participação de vozes de autoridade que ratificam e fundamentam a defesa de um conteúdo ou de um ponto de vista, além de permitirem que os mestrandos apresentem os seus próprios ditos, posicionando-se, reafirmando, comentando, concluindo, enfim, construindo seu saber sobre o assunto estudado. Esses Processos, ou as orações por eles organizadas são, portanto, de relevância impar na constituição do gênero dissertação.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18475
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Linguística

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissert_Rebeca-BC.pdf1.64 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons