Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18455
Title: Pode a compulsão alimentar ser programada por desnutrição perinatal Ou manipulação do sistema serotoninérgico?
Authors: FECHINE, Madge Farias
Keywords: Desnutrição proteica. Fluoxetina. Hiperfagia. Ratos. Transtorno da compulsão alimentar.; Protein malnutrition. Fluoxetine. Hyperphagia. Rats. Binge-eating disorder
Issue Date: 31-May-2016
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: Objetivo: Investigar os efeitos da desnutrição proteica perinatal ou manipulação do sistema serotoninérgico durante a lactação sob o comportamento alimentar compulsivo após ciclos de Restrição/Realimentação (R/R). Materiais e métodos: Foram formados quatro grupos conforme os tratamentos dietéticos e farmacológicos: Controle (17% caseína na vida perinatal) e Desnutrido (8% caseína na vida perinatal); Salina (10mg/Kg) e Fluoxetina (10mg/Kg) foram submetidos a três consecutivos ciclos de Restrição/Realimentação (ciclos R/R). Cada ciclo R/R é composto por uma fase de restrição (4 dias com 40% do consumo individual médio de dieta padrão nos 7 dias antes de iniciar os ciclos R/R) seguida por uma fase realimentação (4 dias com dieta padrão ad libitum). Assim, os quatro grupos anteriormente descritos foram subdivididos ou não de acordo com a fase de restrição dos ciclos R/R para formar oito grupos: Grupos não restritos [Controle Naïve (CN) n=6 e 10 ou Desnutrido Naïve (DN) n=7 e 11 e Salina Naïve (SN) n=13/15 ou Fluoxetina Naïve (FN) n=12/13] e Grupos restritos [Controle Restrito (CR) n=6 e 11 ou Desnutrido Restrito (DR) n=7 e 10 e Salina Restrito (SR) n=11/13 ou Fluoxetina Restrito (FR) n=13/14]. Após os três ciclos R/R, todos os animais foram submetidos ao teste alimentar (dieta padrão e palatável por 24hs). Após uma semana, os animais dos grupos [Controle Naïve (CN) n=10 ou Controle Restrito (CR) n=11 e Desnutridos Naïve (DN) n=11 ou Desnutrido Restrito (DR) n=10] foram submetidos a um teste de privação alimentar (24hs sem dieta padrão) e em seguida receberam dieta palatável (2hs) e dieta padrão (22hs). Já todos os animais dos grupos Salina e Fluoxetina, aos 120 dias de vida foram submetidos a outro teste alimentar semelhante ao primeiro teste alimentar (após os ciclos R/R). Resultados: Após ciclos R/R os animais Desnutrido Restrito demonstraram hiperfagia por dieta palatável comparados com os animais do grupo Controle Naïve, como também aumentaram o peso corporal sugerindo o desenvolvimento de obesidade. Contudo, estes animais perderam a capacidade para aumentar o consumo de dieta palatável quando estavam com fome, após a privação alimentar. Em relação aos grupos Salina e Fluoxetina não houve diferenças significativas no consumo alimentar (dieta palatável e padrão) nos dois testes alimentares. Conclusão: Desnutrição proteica perinatal ou tratamento de fluoxetina no aleitamento não contribuem para o desenvolvimento de compulsão alimentar após três ciclos R/R.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18455
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Neuropsiquiatria e Ciência do Comportamento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE_MADGE FARIAS FECHINE_.pdf4.68 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons