Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18453
Title: Consequências do uso de soro de leite de cabra sobre parâmetros bioquímicos, morfologia e microbiota fecal de ratas e filhotes jovens alimentados com dieta ocidentalizada desde a vida perinatal
Authors: PAULINO, Barbara Costa
Keywords: Soro de leite; Microbiota Intestinal; Intestino delgado; Ratos; Whey; Microbiota fecal; Small intestine; Rats
Issue Date: 20-May-2016
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: A dieta ocidentalizada, rica em lipídeos, açúcar, sódio e alimentos processados e ultra processados tem sido apontada como um dos mais relevantes fatores associados ao excesso de peso/obesidade, comorbidades e distúrbios fisio-metabólicos observados em estudos epidemiológicos e experimentais em animais. O objetivo do presente estudo foi investigar os efeitos do soro de leite de cabra sobre o estado nutricional, microbiota, histologia intestinal e parâmetros bioquímicos de ratas e filhotes alimentados com dieta ocidentalizada. Foram utilizados 8 machos e 24 fêmeas da linhagem Wistar (da colônia do Departamento de Nutrição da Universidade Federal de Pernambuco) para o acasalamento dos animais. Ratas gestantes foram divididas em quatro grupos experimentais de acordo com a dieta: Controle ou Ocidentalizada e a suplementação ou não com soro de leite de cabra. Evolução ponderal e consumo alimentar das ratas seguiram por todo experimento. Ao desmame, as ratas e metade da prole de machos de cada ninhada foram eutanasiados para análise dos parâmetros bioquímicos, histologia intestinal, micro-organismos fecais. Metade dos filhotes foi submetida aos mesmos acompanhamentos e eutanasiados aos 45 dias de vida. A suplementação com soro de leite de cabra modificou poucos parâmetros nas ratas com exceção da alteração da quantidade de lactobacilos totais, que nos grupos controles com solução salina apresentaram uma média de 7,34±0,08 log.UFC/g-1 e 6,43±0,31 log.UFC/g-1 e no suplementado 7,79±0,30 log.UFC/g-1 e 6,94±0,45 log.UFC/g-1 para ratas com dieta ocidentalizada e padrão, respectivamente. Nos filhotes, a suplementação com soro de leite de cabra promoveu redução no ganho de peso e dos depósitos de gordura abdominal, alteração bioquímica, aumentou em 15% a contagem de lactobacilos e em 13% as enterobactérias. Além disso, minimizou o desgaste de células intestinais, limitando o processo inflamatório observado nos alimentados com dieta ocidentalizada. Dessa forma, pode-se sugerir que o soro de leite teve potencial efeito na microbiota fecal e morfologia intestinal, e que esses efeitos parecem depender da idade e do período de suplementação.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18453
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Nutrição

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_BARBARA COSTA PAULINO_Agosto2016.OFICIAL.pdf2.11 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons