Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18427
Title: Música e memória: música e memória: Reconstrução da memória por meio da produção musical de Chico Buarque do período do ai-5 (1968-1978)
Authors: BEZERRA, Emanuella Maria Barbosa Lourenço
Keywords: Composição (Música). Música popular – Brasil. Organização da Informação. Análise de Assunto. Ditadura – Brasil (1964-1985).;Composition (Music). Popular Brazilian Music. Information Organization . Subject analysis. Dictatorship - Brazil (1964-1985).
Issue Date: 22-Feb-2016
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: O estudo aponta para uma reconstrução das memórias coletivas no período da Ditadura Civil Militar no Brasil. Analisa a produção musical de Chico Buarque, utilizando como registro documental, tomando como amostra as letras das músicas censuradas no período de 1968 a 1978, o período de vigência do Ato Institucional Nº 5 (AI-5). O objeto de estudo proposto está baseado no arcabouço teórico da Ciência da Informação (CI), ressaltando por meio desta a sua influência, relevância e usos na sociedade. Investiga, portanto, as representações socialmente construídas e identificadas na produção musical do cantor, compositor, escritor e dramaturgo de modo a refletir sobre a função dessas músicas na reconstrução das memórias coletivas no período da ditadura militar no Brasil. Através da pesquisa, foi possível categorizar as letras das músicas por meio das técnicas de Análise de Assunto desenvolvida no âmbito do Tratamento Temático da Informação (TTI), norteadas pelas linhas de Dias e Naves (2013) e Guimarães (2008). No plano metodológico, buscou-se apoio na Análise do Discurso (AD), sob um viés pós-estruturalista pautado nas linhas de Michel Foucault (1985, 2001, 2011), além da análise de conjuntura para o entendimento do cenário político-social do período. A pesquisa se configura como descritiva, de cunho documental por meio da pesquisa bibliográfica. Busca alinhar as letras das músicas (registro documental) de Chico Buarque aos conceitos de memória coletiva no âmbito da CI, descrevendo por meio da CI, as representações sociais contidas nos registros documentais encontrados. Quanto aos meios é bibliográfica, buscando apoio no corpus da teoria de memória coletiva levando em consideração as contribuições de Maurice Halbwachs (2012). É também documentária, visto que analisa suas composições musicais nos álbuns lançados entre os anos de 1968 a 1978. Como forma de tratamento, extraíram-se as microestruturas das letras das músicas, de onde emergiram categorias e subcategorias de análise para evidenciar o conteúdo informacional dos registros documentais (letras das músicas). Foi possível relacionar as temáticas que emergiam do conjunto de 25 (vinte e cinco) músicas que compõem esta pesquisa, nas seguintes categorias: Canções de protesto, Personagens femininos marginalizados e Canções de amor, sentimento. Através do estudo do contexto histórico que permeou o período analisado pelo recorte, as questões sociais e políticas ficaram evidentes para a visualização da reconstrução das memórias. Ressalta-se que foi possível verificar que todo o discurso das composições do artista evidencia um ato político em si.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18427
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Ciência da Informação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_PPGCI-UFPE_Emanuella Bezerra_2016-versão final (1).pdf2.56 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons