Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18417
Title: A experiência de consumo co-criada em cluster criativo de turismo e sua relação com a imagem da sustentabilidade do destino
Authors: COSTA, Cristiane Salomé Ribeiro
Keywords: Experiência de consumo; Sustentabilidade;.Imagem de sustentabilidade. Cluster criativo de turismo. Comportamento de co-criação.;Consumption Experience; Sustainability. Destination Image of Sustainability. Criative Touristic Cluster. Co-creating Behaviour.
Issue Date: 29-Jun-2015
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: A presente investigação tem como objetivo compreender a relação entre a co-criação e a imagem de sustentabilidade do destino a partir da interpretação (utilitária/hedônica) das experiências vividas pelo consumidor. A tese enfatiza que quando os consumidores participam da construção da experiência pelo comportamento de co-criação, se envolvem em práticas de sustentabilidade, que influenciam na avaliação da experiência e, por consequência, na imagem da sustentabilidade do local. Parte-se do referencial de que as experiências podem ser definidas como utilitárias, no qual ocorre as deliberações racionais, e hedônicas, que geram respostas emocionais, e a sustentabilidade no turismo representada pelo cluster turístico criativo, em virtudes da preservação dos elementos culturais e patrimoniais existentes. Adicionalmente, considera-se como atividades co-criadas aquelas que contemplam a participação do turista na construção da experiência e como imagem do destino a formada ao fim dessa experiência. A pesquisa teve como base epistemológica o interpretativismo e se utilizou como método central a análise do discurso, no nível semântico-pragmático. A coleta de dados contemplou entrevistas individuais em profundidade com os turistas do sítio histórico de Olinda, definido como cluster turístico criativo nesta pesquisa, e a observação direta, considerando as interações ocorridas no Alto da Sé com os artesãos e artistas nos momentos de consumo, a participação nos grupos de dança e música folclóricas e a visitação ao museu. Os resultados do estudo indicam que os consumidores que desempenharam comportamentos de co-criação reconheceram mais aspectos relacionados a sustentabilidade na definição da imagem do ambiente de visita ao comparar com os que não estavam interessados em uma maior interação durante suas atividades de consumo. Adicionalmente, os fatores apresentados nos relatos para definir a imagem da sustentabilidade foram os mesmos utilizados na interpretação da experiência como hedônica. Isso leva ao pensamento de que o engajamento proporcionado pelo comportamento de co-criação levou o indivíduo a observar as práticas de sustentabilidade como um componente importante para a formação de suas experiências hedônicas, mesmo que inconscientemente.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18417
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_CRISTIANE_COSTA.pdf2.6 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons