Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18373
Title: Les composantes fondamentales du lieu: le cas de l’urbanisme nordoccidental ontologiquement topique
Authors: SCHARFFHAUSEN, Jean-Baptiste
Keywords: Ville moderniste;Lieu;Utopie;Topisme;Cidade modernista;Lugar;Utopia;Topismo
Issue Date: 5-Aug-2016
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: A cidade contemporânea ocidental caracteriza-se por sua dificuldade de definição e apreensão. Às vezes, ela parece escapar a toda apreensão material. Nós a descrevemos pela utilização de termos relacionados à virtualidade, à retística, ou seja, aos sistemas ilimitados pertencentes ao domínio do Global e do universal. Ora, nós também definimos a contemporaneidade urbana ocidental como estando em crise, pois o Homem percebe que ele não parece mais poder se identificar e se orientar nela. Essa crise seria aquela do Lugar, do Local, que tornou-se estrangeiro dentro de um sistema urbano Global, assim nós falamos em Atopismo. Esta crise não é própria da contemporaneidade, ela enraíza suas origens numa estratificação histórica bimilenária, cuja a precipitação dos elementos chaves acelerou-se no decorrer do século XX. Esta crise, que foi nomeada e definida desde o final da segunda Guerra Mundial, refere-se a um problema mais complexo e mais amplo que condicionaria a questão ontológica do Homem sobre a Terra. Num primeiro tempo, a dissertação tenta demonstrar, com a ajuda da análise através da Quadratura de Martin Heidegger, que uma abordagem por meio da filosofia pode revelar umas permanências ricas de sentido para o Homem, em todo o tempo e em todo Lugar. Num segundo tempo, a dissertação apresenta e questiona o elo ontológico que pode existir entre o Homem e os seus Meios naturais de inscrição. Ao longo da dissertação, nós observamos a complexidade dessas relações no seio da cultura ocidental e nós insistimos no período de confirmação da crise que corresponde ao período modernista do século XX. A dissertação apresenta, igualmente, segundo uma abordagem histórica completa, as pesquisas teóricas que foram realizadas durante a segunda metade do século XX a fim de reatar a questão do Lugar àquela da cidade modernista. Diante da realidade urbana e da maioria das pesquisas desse período, que se liquidaram pela acentuação da crise do Lugar e do advento do Atopismo até a contemporaneidade, uma corrente contrária prospectou segundo uma abordagem singular, cujas as tentativas orientadas para o Topismo poderiam ainda alimentar o discurso sobre a urbanidade ocidental de hoje.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18373
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Desenvolvimento Urbano

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO MESTRADO_SCHARFFHAUSEN JEAN BAPTISTE_DIGITAL_2016.pdf10.26 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons