Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18352
Título: Efeito de ações antrópicas sobre o banco de sementes de uma mata ciliar em floresta tropical sazonal seca (Caatinga)
Autor(es): SOUZA, Lígia Gomes Ferreira de
Palavras-chave: Sucessão secundária;composição florística;diversidade de espécies;herbáceas;mata ripária;semiárido;Secondary succession;floristic composition;species diversity;herbaceous;riparian forests;semi-arid
Data do documento: 25-Fev-2016
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: A presença de rios sempre foi uma das condições primárias para o estabelecimento de grupos humanos, e as atividades destes grupos têm causado grande empobrecimento ambiental. Na caatinga, onde as características meteorológicas são consideradas extremas e o regime de chuvas é bastante irregular, a vegetação às margens dos rios encontra-se numa situação de perda de biodiversidade. Sendo assim, este estudo teve por objetivo gerar informações que contribuam em futuros projetos de recuperação de matas ciliares em regiões semiáridas através da avaliação do banco de sementes do solo de três localidades (Preservada, Intermediária e Degradada) submetidas a diferentes usos da terra em uma região de caatinga. Quarenta amostras de solo foram coletadas aleatoriamente em cada área, ao final das estações seca e chuvosa e avaliadas através do método de germinação. Ao final dos experimentos, 23.651 sementes viáveis foram observadas e 80,5% destas, germinaram durante o primeiro mês. Foram encontradas 89 espécies, onde 50 delas foram de herbáceas. As famílias que mais se destacaram foram Poaceae, Cyperaceae, Euphirbiaceae, Malvaceae, Fabaceae e Solanaceae. Maior densidade de sementes ocorreu ao final da estação seca, com a área Preservada apresentando uma densidade 3,7 vezes maior que a Intermediária. O índice de diversidade de Shannon apresentou comportamento decrescente e significativo para as áreas, da estação seca para a chuvosa. Sendo assim, o banco de sementes fornece principalmente espécies pioneiras, existindo uma limitação de espécies pertencentes aos estágios mais avançados.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18352
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - Biologia Vegetal

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Lígia Gomes Ferreira de Souza.pdf841,84 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons