Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18344
Title: Avaliação genotóxica in vivo dos efeitos agudos da mistura dos praguicidas metomil e cipermetrina
Authors: SOUZA, Talita Giselly dos Santos
Keywords: Ensaio cometa;Micronúcleo;Agrotóxicos;Saúde humana;Genotoxicidade;Comet assay;Micronucleus;Pesticides;Human health;Genotoxicity
Issue Date: 4-Mar-2016
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: Os agrotóxicos foram utilizados primeiramente na saúde pública, a fim de combater vetores que causam doenças. Posteriormente seu uso tornou-se intensivo na agricultura, com intenção de melhorar a produção e a aparência dos produtos. Atualmente o Brasil é o maior consumidor de defensivos agrícolas do mundo, e isto é um fato preocupante, visto que a exposição a esses agentes tóxicos pode trazer sérios riscos à saúde humana e meio ambiente. A Cipermetrina (Cp) e Metomil (Mt) são agrotóxicos largamente utilizados na agricultura brasileira. Conquanto a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) tenha estabelecido a Ingestão Diária Aceitável (IDA) de ambos isoladamente, é sabido que o consumidor está exposto a misturas de praguicidas por meio de sua dieta. No entanto, a maioria das pesquisas estudam os efeitos dos agrotóxicos isoladamente, sendo limitado o número de trabalhos que analisam as combinações desses compostos. Diante disso, avaliamos o potencial genotóxico, pelo ensaio cometa, e mutagênico, pelo teste do micronúcleo, de misturas de formulações comerciais de Mt e Cp em doses baixas. Setenta camundongos foram distribuídos em sete grupos. O grupo controle negativo (CN) recebeu água destilada (veículo de diluição). O controle positivo (CP) recebeu ciclofosfamida (20 mg/kg). Três grupos receberam misturas: A (0,05mg Mt + 0,0625 mg Cp), B (0,005mg Mt + 0,0125mg Cp) e C (0,0005mg Mt + 0,00125mg Cp). O grupo D recebeu apenas Mt (0,05mg) e o E apenas Cp (0,0625 mg). Os resultados de cada grupo foram comparados entre si pelo teste de Kruskal-Wallis com análise a posteriori, usando a estratégia de testes t par-a-par com correção de Bonferroni (p< 0,05). Todas as misturas apresentaram efeito genotóxico e apenas a mistura na maior concentração (A) foi mutagênica. Quando isolados, apenas a Cp apresentou atividade genotóxica significativa; entretanto, a média do dano de E foi menor que a encontrada nas três misturas estudadas. Desta forma, conclui-se que os efeitos do Mt e Cp são potencializados quando estes estão associados, mesmo em doses baixas, podendo causar danos à saúde.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18344
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Saúde Humana e Meio Ambiente

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Talita Souza.pdf1.65 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons