Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1831
Title: A logic built-in self-test architecture that reuses manufacturing compressed scan test patterns
Authors: José Costa Alves, Diogo
Keywords: LBIST;SoC;Test;Compressed test patterns;Self-test
Issue Date: 31-Jan-2009
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: José Costa Alves, Diogo; Natividade da Silva Barros, Edna. A logic built-in self-test architecture that reuses manufacturing compressed scan test patterns. 2009. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009.
Abstract: A busca por novas funcionalidades no que diz respeito a melhoria da confiabilidade dos sistemas eletrônicos e também a necessidade de gerir o tempo gasto durante o teste faz do mecanismo Built-in-Self-Test (BIST) um característica promissora a ser integrada no fluxo atual de desenvolvimento de Circuitos Integrados (IC). Existem vários tipos de BIST: Memories BIST, Logical BIST (LBIST) e também alguns mecanismos usados para teste as partes analógicas do circuito. O LBIST tradicional usa um hardware on-chip para gerar todos os padrões de teste com um gerador pseudo aleatório (PRPG) e analisa a assinatura de saída gerada por um registrador de assinatura de múltipla entradas (MISR). Essa abordagem requer a inserção de pontos de teste extras or armazenagem de informação fora do chip que tornará possível alcançar uma cobertura de teste > 98%. Também a geração de todos os estímulos de teste implica no sacrifício no tempo aplicação do teste, o qual pode ser aceitável para pequenos sistemas executarem auto-teste durante a inicialização do sistema mas pode tornasse um aspecto negativo quando testando System-on-chip (SOC) ICs. O fluxo corrente de desenvolvimento de um IC insere scan chains e gera automaticamente padrões de teste de scan para alcançar uma alta cobertura para o teste de manufatura. Técnicas de compressão de dados provaram ser muito úteis para reduzir o custo de teste enquanto reduzem o volume de dados e o tempo de aplicação dos testes. Esse trabalho propõe o reuso de padrões de teste comprimidos usados durante o teste de manufatura para implementar um LBIST com objetivo de testar o circuito quando ele já está em campo. O mecanismo LBIST proposto objetiva descobrir defeitos que podem ocorrer devido ao desgasto do circuito. Uma arquitetura e um fluxo de desenvolvimento semi-automático do mecanísmo LBIST baseado em padrões de teste de scan são propostos e validados usando um SoC real como caso de teste
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1831
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Ciência da Computação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
djca.pdf914.11 kBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.