Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18198
Título: Vigilância alimentar e nutricional dos menores de cinco anos usuários da Atenção Básica em Saúde do município de Limoeiro, PE
Autor(es): SILVA, Danúbia Rafaela de Lima
Palavras-chave: Atenção Básica em Saúde; Atenção Básica em Saúde; Nutrição infantil
Data do documento: 14-Ago-2015
Resumo: O Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional (SISVAN) é uma importante ferramenta de monitoramento das políticas de alimentação e nutrição no âmbito do SUS. Nas diversas fases do curso da vida, dentre elas a infância, faz-se importante identificar o perfil antropométrico e o consumo alimentar a fim de minimizar os fatores associados a estes e as consequências de agravos relacionados a hábitos alimentares errôneos. Neste sentido o presente estudo se propôe a descrever o perfil antropométrico e o consumo alimentar de menores de cinco anos, cadastradas no SISVAN do município de Limoeiro – PE. Trata-se de um estudo descritivo, de caráter qualitativo de delineamento transversal, a partir dos dados disponíveis do sistema informatizado do SISVAN (SISVAN WEB). Foram verificados a proporção de crianças usuárias da Atenção Básica que também estavam cadastradas no SISVAN, nos anos de 2009 e 2014. Foram analisados também os seguintes índices: o índice de massa corporal para idade (IMC/I) e estatura para idade (E/I) em meninos e meninas. Com relação à proporção de crianças usuárias da atenção básica cadastradas no SISVAN, a cobertura foi de aproximadamente 60% (1986 crianças) em 2009, enquanto que em 2014 esse valor diminuiu para 48,6% (1400 crianças). Concernente ao estado nutricional nos anos de 2009 e 2014, observou-se que 13,3% e 10,4% apresentaram déficit estatural, enquanto que o baixo peso esteve em 7,7% e 7,3%das crianças respectivamente.O excesso ponderal foi verificado em 21,7% e 24,4% das crianças nos referidos anos. Ademais, a maior prevalência de excesso de peso foi em meninos (24,3%) em relação as meninas (20%)no ano de 2014.Referente ao registro do consumo alimentar,esta não é uma prática realizada na rotina das unidades de saúde neste município.Por fim, o perfil nutricional dos pré-escolares de Limoeiro reflete a necessidade do fortalecimento das estratégias como educação alimentar e nutricional e aleitamento materno exclusivo, que propiciem mudanças nos hábitos alimentares das crianças, favorecendo assim uma melhoria na qualidade de vida dessa população e das próximas gerações.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18198
Aparece na(s) coleção(ções):TCC - Nutrição

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
SILVA, Danúbia Rafaela de Lima.pdf506,95 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons