Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18156
Title: Comparação de variáveis motoras em razão dos riscos para transtornos alimentares em atletas de esportes de combate
Authors: COSTA, Priscilla Rosa de França
Keywords: Ciências da nutrição e do esporte.;Transtornos da alimentação.;Atividade motora
Issue Date: 20-Feb-2015
Citation: COSTA, P. R. F.
Abstract: Os transtornos alimentares (TA) são caracterizados por uma alimentação perturbada comumente conhecidos como anorexia nervosa e bulimia nervosa. Evidencia- se aumento da prevalência de comportamentos de risco para TA no âmbito esportivo. Mais especificamente, os esportes de combate, os quais são divididos por categoria de peso corporal, observa- se aumento da frequência de comportamentos de risco para TA. Salienta- se, no entanto, que os comportamentos de risco para TA podem afetar negativamente o desempenho motor dos atletas, embora ainda não exista evidencias cientificas a esse respeito. Logo, o objetivo do presente estudo foi comparar testes motores (velocidade e potência) entre atletas com e sem riscos para os TA. Participaram 117 atletas, do sexo masculino, com idade acima de 12 anos, das modalidades de Judô, Jiu Jitsu, MMA, boxe e Muai Thay. Utilizou- se o Eating Attitudes Test ( EAT- 26) para avaliar os comportamentos de risco para TA. O Drive for Muscularity Scale (DMS) foi utilizado para avaliar a busca pela musculosidade. Foram conduzidos testes motores (Teste Shuttle run de velocidade e Impulsão Vertical) e medidas antropométricas foram aferidas (estatura, massa corporal e dobras cutâneas). Os resultados indicaram diferença estatisticamente significativa da potência anaeróbia de membros inferiores (impulsão vertical) entre atletas com e sem risco para TA (p<0,05). Em contrapartida, os achados não apontaram diferença significativa para a velocidade entre atletas com e sem risco para TA (p>0,05). Concluiu-se que os atletas que adotam os comportamentos de risco para TA não apresentaram diferença no teste de velocidade, no entanto, indicaram uma atenuação da potência anaeróbia de membros inferiores.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18156
Appears in Collections:TCC - Educação Física (Bacharelado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
COSTA, Priscilla Rosa de França.pdf1.08 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons