Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18065
Título: Discursos sobre o ensino da disciplina de educação moral e cívica em Pernambuco: análise comparativa nas escolas Sizenando Silveira e Ginásio Pernambucano no período da ditadura militar (1972-1985).
Autor(es): COSTA, Alexsandro Barbosa da
Palavras-chave: Educação Moral e Cívica;Ditadura Militar;Discursos;Moral and Civic Education;Military Dictatorship;Speeches
Data do documento: 6-Mai-2016
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: Em 1964, um golpe de Estado fez com que os militares assumissem o poder no Brasil, implantando uma nova ditadura. Porém, no início deste governo, manifestações foram realizadas contra as suas ações; sublinha-se a atitude do movimento estudantil que foi brutalmente reprimido por esse grupo de governantes. Em tal contexto, os militares buscaram alternativas para se legitimar. A educação foi usada para este fim, ou seja, ajudá-los a ter apoio social em suas iniciativas. Foi desse modo que a disciplina de Educação Moral e Cívica (EMC) acabou sendo reimplantada, fazendo parte de uma conjuntura na qual se tornava a principal responsável por disseminar a ideologia dos governantes dentro das escolas, através de um ensino regido pela Tendência Pedagógica Tecnicista que visava, dentre outras coisas, uma formação de cunho expositivo, impositivo e movido pela reprodução. Dessa forma, buscava-se formar pessoas aptas a assumirem cargos junto ao mercado de trabalho, mas com pouco nível de criticidade ao sistema existente naquele momento no país. Diante disso, foi objetivo desse trabalho a análise de discursos referentes ao ensino de EMC nas escolas Sizenando Silveira e Ginásio Pernambucano, tendo como foco o período da ditadura militar (1972-1985), isso feito com vistas a entender processos de desenvolvimento acrítico e/ou não de formação educacional, que possam ter influenciado aquela época e estar a influenciar a educação atual, assim como, observar processos de subversão a esse modelo dentro do cenário educacional Pernambucano. Para isso, fizemos uso da metodologia da História Oral desenvolvida por Paul Thompson e da Análise de Discurso trabalhada por Eni Orlandi adicionado ao diálogo com categorias teóricas elaboradas pelo filosofo e historiador Michel Foucault. Procurou-se assim, fundamentar e consubstanciar a pesquisa no sentido de realizar uma reflexão importante para a área educacional, em especial, para o Núcleo de Teoria e História da Educação do qual ela faz parte.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18065
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Educação

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TEXTO PARA DEPOSITO DEFINITIVO COM CARTA CATALOGRÀFICA.pdf1,39 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons