Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18031
Título: Os impactos do envolvimento do cliente em equipes ágeis do desenvolvimento de software: um estudo de caso
Autor(es): BATISTA, Any Caroliny Duarte
Palavras-chave: Engenharia de software; Métodos ágeis; Envolvimento do cliente; Estudo de caso; Fatores Humanos; Teoria Fundamentada; Software Engineering; Agile Methods; Client Involvement; Case Study; Human Factors; Grounded Theory
Data do documento: 24-Fev-2016
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: Contexto: Em projetos tradicionais de desenvolvimento de software, a participação do cliente limita-se ao fornecimento de requisitos no início e feedback ao final, com interações regulares, mas pouco frequentes, entre o cliente e a equipe de desenvolvimento. O paradigma ágil introduz a premissa de que a colaboração do cliente durante todo o ciclo de desenvolvimento de software é um recurso primordial para dar mais agilidade ao projeto. Contudo, pesquisas empíricas sobre as consequências do envolvimento do cliente no processo de produção de equipes ágeis ainda são escassas. Objetivo: Essa problemática incentivou a realização de um estudo empírico, com o objetivo de investigar os impactos da influência do cliente no desenvolvimento de software em equipes que utilizam práticas ágeis. Método: Devido ao tipo de fenômeno em investigação, optou-se pela realização de um estudo de caso qualitativo em uma empresa de desenvolvimento de software, na cidade de Recife, Pernambuco. Para coleta de dados foram realizadas entrevistas e observações não participantes. O método utilizado para tratamento e análise dos dados foi a Teoria Fundamentada (Grounded Theory). Resultados: O estudo indica que, sob certas condições contextuais, as elevadas intervenções do cliente podem levar ao microgerenciamento das equipes e inspiram o surgimento de variados tipos de conflitos. Além disso, afetam aspectos importantes para a manutenção da agilidade das equipes, tais como: a satisfação e motivação dos indivíduos, e a sua autonomia e autorregulação. Os resultados embasaram a construção de um modelo do impacto do envolvimento do cliente, no qual os principais fatores emergentes da pesquisa são correlacionados. Conclusões: Esta pesquisa contribui com o entendimento sobre os impactos do envolvimento do cliente no desenvolvimento de software. O modelo nela apresentado pode fundamentar reflexões futuras sobre as causas e as consequências da intervenção do cliente na agilidade da equipe, e ajudar na criação de estratégias para mitigar os efeitos negativos dessas intervenções. Este estudo também contribui com a literatura sobre os fatores humanos na engenharia de software.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18031
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Ciência da Computação

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DSS_AnyBatista.digital.pdf2,94 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons