Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18018
Title: Proposta de incentivo à participação do homem no processo da amamentação
Authors: PONTES, Cleide Maria
Keywords: Amamentação. Paternidade. Pai. Relações pai-filho. Nutrição do lactente;Breastfeeding. Patherhood. Father. Parent-child relationships. Infant nutrition
Issue Date: 30-Aug-2006
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: Esta tese tem o objetivo de elaborar e propor estratégias para que o homem participe do processo da amamentação, desde criança até tornar-se pai. Realizamos um estudo bibliográfico para nos apropriar do contexto e buscar o referencial teórico — a construção histórica, social e cultural da paternidade — fundamentado em vários autores, que ancorou toda a tese. Analisando as implicações desta construção no modelo de participação do pai na amamentação, foi percebido que desde a pré-história, os meninos e, consequentemente, os homens foram alijados do mundo feminino, incluindo o aleitar. Os três outros estudos foram conduzidos pela pesquisa qualitativa, que nos possibilitou a mergulhar no universo de significados, adequando-se ao objeto da tese. Nestes estudos, para coleta de informações, optamos pelas técnicas de grupo de discussão e da entrevista semi-estruturada. As informações obtidas foram analisadas através da análise de conteúdo, na modalidade temática, e da análise do conteúdo manifesto. Os participantes foram 11 homens e nove mulheres que estavam presentes no seminário sobre amamentação, promovido pela UFPE, e 17 casais, residentes na favela do Bode, Recife-PE. Da análise das informações emergiram oito temas: envolvimento no ciclo grávido-puerperal e no processo da amamentação; significados e sentimentos sobre amamentação; significados do ato de amamentar em público; maneiras do pai tornar-se aliado no processo da amamentação; recordações ambíguas/esmaecidas sobre amamentação durante a infância; conhecimento sobre amamentação centrado na saúde da criança, responsabilidade da mulher e economia para o pai; diferentes comportamentos apresentados pelo pai durante a sua participação no ciclo grávido-puerperal direcionada à amamentação; sentimentos entrelaçados de fragilidades ao amamentar e a sexualidade do casal; além disso, os eixos norteadores (família, escola e instituição de saúde) e os subsídios (conhecimento sobre amamentação; participação do pai desde o pré-natal; ações do profissional, da companheira de acolhimento durante o amamentar e estratégias para envolver 13 o pai nesta prática), que proporcionaram a construção da proposta. Esta proposta de intervenção está centrada na implantação do ambulatório de amamentação, que compreende consulta à família, desde o pré-natal até os seis meses de vida da criança, e no projeto de socialização de meninos e meninas pró-amamentação. O desenvolvimento desta proposta, como projeto piloto, deverá acontecer numa instituição de saúde e escola, respectivamente. Desta forma, acreditamos que a sua essência irá contribuir para transformar a cultura da amamentação, onde homens e mulheres irão compartilhar os sucessos e as dificuldades, advindos desta prática milenar. Isto poderá ser um dos caminhos para aumentar a duração mediana da amamentação.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18018
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CLEIDE MARIA PONTES ENVIADA 19.10.16.pdf1.67 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons