Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18017
Title: Análise geomorfológica da escarpa oriental da borborema a partir da aplicação de métodos morfométricos e análises estruturais
Authors: MONTEIRO, Kleython De Araujo
Keywords: Planalto da Borborema. Índices Morfométricos. Morfoestruturas; Nordeste Oriental.;Borborema highlands. Morphometric indexes. Morphostructures; Northeastern seabord of Brazil.
Issue Date: 28-Jan-2015
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: A presente tese visa contribuir para o entendimento da evolução das formas de relevo em escala regional, a partir da aplicação de métodos morfométricos e análises morfoestruturais, com vistas a minimizar a subjetividade das classificações e hierarquizações de formas de relevo na área do rebordo oriental do Planalto da Borborema. A pesquisa buscou relacionar as drenagens e a escarpa oriental do Planalto, de modo a obter um indicador morfométrico que estabelecesse, de forma quantitativa, como esta relação se apresenta na paisagem geomorfológica, além de propor limiares numéricos e morfológicos que permitissem delimitar a própria escarpa. A abordagem utilizada levou em consideração o papel dos esforços internos, sob a forma de soerguimento, dos agentes externos, sob a forma dos fluxos fluviais, e da resistência dos materiais sobre os quais os processos atuam. Para atingir estes objetivos uma série de procedimentos foi aplicada, tais como, a extração de lineamentos de relevo; análise dos perfis longitudinais de drenagem; aplicação do Índice de Hack e sua utilização para a identificação de patamares de relevo; delimitação da linha de escarpa; aplicação do índice de sinuosidade de frente de escarpa, visando estabelecer o seu grau de evolução geomórfica e, por fim, a elaboração do Mapa Morfoestrutural da Borda Oriental do Planalto da Borborema. A extração de lineamentos permitiu demonstrar a direção preferencial estabelecida entre E-W e NE-SW, que obedece o direcionamento de grandes zonas cisalhantes, ZCPA e ZCPE, e condiciona não apenas os lineamentos de relevo, mas as drenagens. A aplicação do Índice de Hack (IH), em trechos estabelecidos a cada 25 metros de desnível altimétrico, nas principais drenagens da região demonstrou que nos rios Paraiba, Goiana, Capibaribe, Ipojuca, Sirinhaem, Una e Mundaú foram identificados trechos que possuem valores superiores a 1000 metros. Dentre estes apenas os rios Paraíba, Ipojuca e Una apresentaram valores superiores a 3000 metros de índice, indicando alto valor de gradiente altimétrico. O cálculo dos índices por trecho permitiu a identificação de anomalias que foram interpretadas como rupturas de patamares regionais, e possibilitando a definição da linha de base da Escarpa Oriental do Planalto da Borborema de maneira quantitativa, estabelecendo parâmetros para delimitar a mudança de patamares entre a Escarpa do Planalto e seu Piemonte. O estabelecimento da linha de base permitiu mensurar o índice de sinuosidade para a Escarpa Oriental do Planalto, calculado de três formas diferentes. Quanto aos índices obtidos para toda a linha de escarpa, e mesmo para os setores separados pelas duas principais estruturas cisalhantes regionais, os mesmos não apontaram para a influência de atividades tectônicas ao longo da escarpa. Entretanto, em escala de detalhe, foi possível identificar setores que apresentam valores indicativos de influência tectônica, ainda que de forma restrita. O Mapa Morfoestrutural permitiu a identificação de setores de cimeira e escarpa com maior resistência à ação das forças erosivas, localizados próximos às zonas cisalhantes regionais. Enquanto distantes destas estruturas, a ação erosiva se intensifica, consumindo as cimeiras do planalto e expandindo a escarpa.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18017
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE_versao_impressao_final.pdf9.87 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons