Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18011
Título: Tendências ideológicas do conservadorismo
Autor(es): SOUZA, Jamerson Murillo Anunciação de
Palavras-chave: Conservadorismo, ideologia, extrema-direita, sincretismo;Conservatism, ideology, extreme-right, syncretism
Data do documento: 12-Ago-2016
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: A presente tese de doutorado aborda o conservadorismo como tradição de pensamento e ação fundada na modernidade. O objetivo da tese consiste em apresentar o conservadorismo como ideologia da crise, expondo suas bases históricas fundantes, a ampliação por que passa no decorrer do século XX e como algumas de suas características centrais se expressam no cenário ideológico e político brasileiro nos anos 2010. A tese foi construída com base na revisão bibliográfica e no método crítico-dialético. Aborda-se a ontologia do ser social, em suas principais categorias, para subsidiar a crítica ao conservadorismo. Procuramos expor a gênese e a consolidação do modo de produção capitalista como fundamento sobre o qual se elevam as ideologias conservadoras em geral e o conservadorismo em particular. O pensamento de Edmund Burke é debatido na qualidade de fundante da tradição conservadora. Convergências entre a ideologia do conservadorismo e as formas políticas bonapartistas são expostos como constitutivas de uma das tendências ideológicas do conservadorismo. São abordadas as vertentes conservadoras norte-americana e inglesa, as mais influentes no Brasil. Debatemos o "conservadorismo à brasileira" como expressão particular e nacional dessa ideologia, apresentando os momentos de incorporação, mutação e diferenças específicas em relação ao conservadorismo clássico, europeu e norte-americano. Recuperamos o debate sobre a estrutura sincrética do Serviço Social, por entender que o sincretismo e o ecletismo são os atuais condutores específicos da reprodução do conservadorismo no Serviço Social, uma vez que os resultados de ambos contribuem, contraditoriamente, para a apologia direta ou indireta do capitalismo. Movimentos políticos de extrema-direita, no mundo e no Brasil, são discutidos na qualidade de portadores materiais das tendências ideológicas do conservadorismo na contemporaneidade.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18011
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - Serviço Social

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TESE JAMERSON.pdf1,81 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons