Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17968
Título: Avaliação do conhecimento de residentes em enfermagem e medicina acerca da parada e reanimação cardiorrespiratória
Autor(es): GUEDES, Rafaella Satva de Melo Lopes
Palavras-chave: Parada cardíaca;Ressuscitação cardiopulmonar;Capacitação profissional;Conhecimento;Heart arrest;Professional training;Knowledge;Cardiopulmonary resuscitation
Data do documento: 23-Abr-2014
Editor: Universidade federal de Pernambuco
Resumo: No Brasil, cerca de 200.000 eventos de parada cardiorrespiratória ocorrem por ano e os profissionais mais presentes nesses eventos são enfermeiros e médicos residentes. A assistência qualificada durante a reanimação cardíaca aumenta a taxa de sucesso na ressuscitação. Por isso, é imprescindível que os profissionais mantenham-se aprimorados. A investigação da capacitação profissional é fundamental para que políticas de aperfeiçoamento sejam implantadas. O objetivo do estudo foi avaliar o conhecimento teórico de residentes em medicina e enfermagem acerca da Parada e Reanimação Cardiorrespiratória. Trata-se de um estudo explicativo, inferencial do tipo transversal realizado em Hospital Universitário. Foram incluídos na pesquisa 101 residentes categorizados nas áreas clínica e cirúrgica: 22 enfermeiros e 79 médicos, os quais responderam a um protocolo estruturado realizado com base na diretriz vigente da American Heart Association de 2010. O trabalho foi realizado durante o período de maio a novembro de 2013. O EPI INFO foi utilizado para construção do banco de dados com verificação de fidedignidade e o SPSS para análise descritiva e analítica. Foram utilizados os testes T-student, Qui-quadrado e o teste da ANOVA. Para tal foram consideradas o nível de significância de 5%. Como resultado, a dissertação originou dois artigos, um de revisão integrativa e um original. A revisão integrativa abordou a análise do conhecimento dos médicos e enfermeiros sobre parada e reanimação cardiorrespiratória nos artigos publicados entre 2008 e janeiro de 2013. O artigo original avaliou o conhecimento dos residentes em enfermagem e medicina sobre parada e reanimação cardiorrespiratória em hospital universitário. Este demonstrou deficiência em pontos importantes da reanimação cardiorrespiratória. A maioria dos profissionais (71,3%) nunca realizou aprimoramento em Parada e Reanimação Cardíaca. 87,3% dos médicos desconhecem a conduta prioritária após compressões torácicas. 71,3% indicam soco precordial inadequadamente e 40,6% não sabem a carga recomendada no desfibrilador bifásico. Mesmo as médias não sendo elevadas, a avaliação dos profissionais foi superior do que nas publicações encontradas. Além disso, o desempenho foi melhor nos profissionais que realizaram curso de suporte avançado de vida em cardiologia e nos que tiveram contato mais recente com parada cardíaca. Sugerem-se programas de aprimoramento nos hospitais para treinar os profissionais no reconhecimento da parada cardíaca e ressuscitação cardiopulmonar.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17968
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Ciências da Saúde

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
dissertacao com ficha catalog. -FINAL.pdf2,45 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons