Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17931
Título: Uma avaliação quantitativa sobre métodos para modelagem conceitual de banco de dados
Autor(es): MATOS, Helton Gírio
Palavras-chave: Notação;EER;UML;DC;Survey;Notation.;Banco de dados;Modelagem conceitual
Data do documento: 12-Fev-2016
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: O modelo Entidade-Relacionamento Estendido (EER) e o Diagrama de Classes (DC) da Unified Modeling Language (UML) são as notações gráficas mais utilizadas para a fase de projeto conceitual de banco de dados. Neste contexto, considerando que existem diferenças entre estas notações e poucos trabalhos que as comparem a partir de uma avaliação quantitativa, este trabalho busca evidências empíricas, por meio da execução de um survey, sobre a compreensão e preferência de uso dessas notações. Como resultado, constatou-se que as duas notações cumprem os requisitos em um ambiente de desenvolvimento de banco de dados, variando sua utilização conforme o perfil do usuário. Contudo, apesar da notação do DC ser a mais compreendida, a notação EER foi a mais preferida.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17931
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Ciência da Computação

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Helton_10_05_16.pdf2,41 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons