Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17871
Título: Análise histomorfométrica e parasitológica do intestino delgado de Rupornis magnirostris (Gmelin, 1788) e Caracara plancus (Miller, 1777)
Autor(es): ALMEIDA, Wellington Mauricio de
Palavras-chave: Carcará; Gavião-carijó; Capillaria sp; Histomorfometria; Vilosidade; Histomorphometry; Roadside Hawk; Southern Crested Caracara; Villu
Data do documento: 25-Fev-2016
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: O carcará (Caracara plancus) e o gavião-carijó (Rupornis magnirostris) são aves de rapina, predadores de topo, que habitam o território brasileiro. Possuem alimentação variada, desde animais vivos até àqueles em estado de decomposição. Diante disto, objetivou-se identificar possíveis endoparasitos do gavião-carijó e do carcará mantidos em cativeiro, além de descrever e comparar histomorfometricamente o intestino delgado de ambas as espécies. Foram utilizados seis espécimes de cada espécie. Para análise parasitológica as fezes foram coletadas e processadas pelo método de Hoffman simples. Para a histomorfometria amostras do duodeno, jejuno, íleo foram fixadas e submetidas ao processamento histológico de rotina. Finalmente, as lâminas foram fotografadas e cinco variáveis foram medidas: Tamanho da Vilosidade (TV), Largura da Vilosidade (LV), Profundidade da Glândula Intestinal (PGI), Espessura do estrato Muscular Interno (EMI) e Espessura do estrato Muscular Externo (EME). Obteve-se os seguintes resultados: na análise das fezes de Rupornis magnirostris foram encontrados ovos de Capillaria sp. Na histomorfometria, os intestinos delgados de ambas as aves, apresentaram padrão heterogêneo, com diferenças significativas (p<0,001) entre o duodeno e o íleo. A comparação das medidas nas duas aves demonstrou diferenças significativas na PGI e LV do duodeno, em todas variáveis do jejuno e no TV, EMI e EME do íleo. Este estudo fornece parâmetros histomorfométricos do intestino delgado do Rupornis magnirostris e Caracara plancus, que contribuirá para melhor entendimento da biologia e consequente auxílio em programas de preservação das espécies.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17871
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Saúde Humana e Meio Ambiente

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO DE WELLINGTON ALMEIDA 2016.pdf1,08 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons