Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17855
Title: Separação de ácidos graxos livres e triacilgliceróis por destilação a vácuo
Authors: ARRUDA, Andréa Leão de Lima
Keywords: Biodiesel; Destilação a vácuo; Ácidos Graxos Livres; Triacilgliceróis; Curvas de destilação; Biodiesel; Vacuum distillation; Free fatty acids; Triacylglycerols; Distillation curves
Issue Date: 23-Feb-2016
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: O presente estudo propõe a separação entre os triacilgliceróis (TAGs), principais constituintes dos óleos vegetais, e ácidos graxos livres (AGLs) através do processo de destilação a vácuo. A possibilidade dessa separação consiste na considerável diferença de volatilidade entre os AGLs e os TAGs. Foram preparadas misturas modelo aos óleos residuais, ou seja, combinações em diferentes proporções em massa de óleo de soja refinado (OS) e o reagente ácido oleico p.a (AO). As misturas foram destiladas nas pressões reduzidas de 0,13; 0,40; 0,67 e 1,33 kPa, sendo o processo realizado em batelada em um único estágio, sem refluxo. As amostras foram caracterizadas antes e após o processo de destilação a vácuo quanto: à massa específica, ao teor de água, ao teor de AGL (%) e à composição de ácidos graxos por cromatografia gasosa. Posteriormente, foram definidos os componentes modelo de TAG e AO e a estimativa dos parâmetros termofísicos das misturas para a simulação do processo de destilação a vácuo no software Aspen Plus V8.8, utilizando tanques flash não adiabáticos em série. O modelo termodinâmico usado foi o Non-Random Two-Liquid (NRTL). As curvas de destilação experimentais da mistura de 89,45% de OS e 10,55% de AO em massa foram melhor representadas pelas curvas de destilação simuladas, apresentando o percentual de desvios médios quadráticos de 2,5; 2,2; 2,4 e 2,5% para operações realizadas em pressões reduzidas de 0,13; 0,40; 0,67 e 1,33 kPa, respectivamente. Os dados de massa específica a 20°C dos produtos das destilações, resíduos e destilados, foram semelhantes aos do OS e AO, respectivamente. Os teores de água dos destilados (0,024% a 0,059%) e dos resíduos (0,001% a 0,014%) estão em níveis adequados para o emprego das reações de esterificação e transesterificação para a produção de biodiesel. Os teores de ácidos graxos livres dos resíduos obtidos após as destilações ficaram dentro da faixa de 0,4% a 1,2%, indicando processo de separação por destilação a vácuo efetivo.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17855
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Engenharia Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_Andréa Leão_Ver_Final.pdf2.78 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons