Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17845
Title: Relações filogenéticas dos complexos Stachybotrys-Memmoniella e Phalangispora-Speiropsis-Wiesneriomyces
Authors: SANTOS, Tiago Andrade Borges
Keywords: Hypocreales, Tubeufiales, Fungos conidiais;Hypocreales, Tubeufiales, Conidial fungi
Issue Date: 20-Feb-2015
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: Entre os fungos conidiais, os gêneros Stachybotrys Corda e Memnoniella Höhnel caracterizam-se pelo modo como os conídios são formados através das fiálides de forma basípeta. Embora Stachybotrys e Memnoniella sejam considerados gêneros distintos, evidenciando-se pela disposição dos conídios em longas cadeias secas em Memnoniella e massas viscosas em Stachybotrys, considera-se que esta diferença por si só não exerce influência para separá-los, uma vez que marcadores moleculares sugerem que a disposição dos conídios em mucilagem ou em cadeia sejam estados de caráter derivados. Por outro lado, o complexo Phalangispora-Speiropsis-Wiesneriomyces apresenta como características comuns à presença de conídios com formas cônicas e cilíndricas em cadeias conectados por um istmo e conidiogênese do tipo holoblástica. Phalangispora e Wiesneriomyces possuem conidióforos organizados em esporodóquio com setas, e conídios ramificados e não ramificados, respectivamente. As espécies do gênero Speiropsis apresentam conidióforos simples e conídios em cadeias ramificadas ou não. Esse estudo objetivou estabelecer uma filogenia para os complexos Stachybotrys-Memnoniella e Phalangispora-Speiropsis-Wiesneriomyces utilizando sequências ITS, LSU, β-tubulina 1, β-tubulina 2 de isolados do Semiárido brasileiro, culturas de referência e sequências obtidas no GenBank. Os primers ITS5/ITS4, LR5/LR0R, T1/T224 e Bt2a/Bt1b foram usados para amplificar e sequenciar as respectivas regiões. A partir dos agrupamentos resultantes gerados por ML e BI, assume-se a sinonímia de S. microspora com S. globosa, corrobora a combinação de Memnoniella para Stachybotrys e reavalia o status de S. reniformis. Comparadas com sequências de representantes de Dothideomycetes, as sequências do complexo Phalangispora-Speiropsis-Wiesneriomyces formaram um grupo monofilético. Dentro do complexo foi possível estabelecer dois clados: um com sequências de Speiropsis, e outro com sequências de Wiesneriomyces, Phalangispora e Pseudophragma. Este resultado corrobora a sinonimização de W. conjunctosporus, W. laurinus, Ph. nawawii e Ps. indicum. Este estudo visou esclarecer as relações filogenéticas destes complexos. Os resultados ressaltam a necessidade de mais estudos filogenéticos envolvendo outros gêneros aparentados morfologicamente.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17845
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Biologia de Fungos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Tiago AB Santos PPGBF-CB-UFPE.pdf2.49 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons