Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17708
Título: O conceito de angústia na Fenomenologia do Espírito
Autor(es): MATOS, Francisco Jose Sobreira De
Palavras-chave: Angústia. Consciência-de-si. Subjetividade. Mediação. Espírito.;Anguish. Self-consciousness. Subjectivity. Mediation. Spirit.
Data do documento: 10-Mai-2013
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: O objetivo desse trabalho é compreender a significação, surgimento e desenvolvimento do conceito de angústia (Angst) na Fenomenologia do Espírito (2007). Para tanto, desenvolveremos um estudo pormenorizado do novo conceito de subjetividade como consciência-de-si, para compreender o próprio modus operandi dessa consciência que tenta salvaguardar o que acredita ser sua verdade, mas, porque, em contraponto com sua necessidade intrínseca de ir sempre além de toda e qualquer satisfação limitada, a angústia surge, devendo esta, ser suprassumida, para que uma nova figura da consciência apareça em sua maior riqueza de determinações. No caminho das transformações da relação indivisível sujeito-objeto, que é o próprio núcleo formador da consciência, logo de sua verdade, a consciência produz formas diferentes de experiência, e este caminho necessário, mas angustiante, pela perca incessante, mas necessária de suas verdades, é o procedimento da própria formação do sujeito para o saber, uma descoberta de si-mesmo e de seu tempo como momentos de um processo de formação para a ciência, espírito que se sabe desenvolvido. Assim, buscaremos mostrar que a angústia aparece nesse interstício entre o deparar-se da consciência com uma nova verdade, em contraste paradoxal com a verdade que tinha até agora, cobrando da própria subjetividade um atirar- se nesse novo desconhecido, realizando, assim, o caráter de possuir em si-mesmo seu limite.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17708
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Filosofia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
dissertação final - revisada 02maio2016.pdf569,53 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons