Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17653
Title: Conhecimentos e vivências de adolescentes quanto às questões de saúde e cidadania
Authors: GOMES, Sílvia Helena Pereira
Keywords: Educação em Saúde;Adolescente;Enfermagem;Promoção da Saúde;Health Education;Adolescent;Health Promotion;Nursing
Issue Date: 30-Jul-2015
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: A adolescência é um período de mudanças ocasionadas pela sinergia de fatores biológicos, psíquicos, sociais e culturais, apresentando exposição à situação de vulnerabilidade. O acompanhamento do crescimento e desenvolvimento das potencialidades e habilidades constitui estratégia proativa na promoção a saúde do adolescente, com vistas no protagonismo juvenil. A presente dissertação teve como objetivo apreender os conhecimentos e vivências dos adolescentes quanto às questões de saúde e relacionadas às suas vulnerabilidades e potencialidades. Foram elaborados três artigos, a saber: o primeiro, revisão integrativa que objetivou analisar as publicações que enfocam a utilização de softwares em ações de educação em saúde com adolescentes e o impacto dessas tecnologias. Foi realizada uma Revisão integrativa da literatura, utilizando-se das bases CINAHL, PUBMED, MEDLINE, COCHRANE. Com os descritores Software, educação em saúde, adolescente foram encontrados seis artigos, desenvolvidos entre 2003 e 2013. Identificou-se o uso de softwares na redução do risco para desenvolvimento do HIV, mudanças corporais, prevenção de câncer de pele, redução do uso de jogos de azar, formação em ressuscitação cardiopulmonar e dieta saudável. Concluindo-se que o emprego de softwares nas ações de educação em saúde requerem significativos investimentos financeiros. Há a necessidade de se avaliar os resultados do uso dessas tecnologias em médio e longo prazo, aferindo a efetividade da educação em saúde. O segundo artigo objetivou compreender as relações sociais dos adolescentes no contexto familiar, escolar e entre seus pares. Tratou-se de uma pesquisa-ação. A pesquisa se desenvolveu em uma escola pública estadual, localizada no município de Recife – PE, a amostra foi composta por 21 adolescentes na faixa etária de 15 aos 18 anos. Como resultado dos discursos dos adolescentes emergiu que os mesmos apresentam dificuldades na comunicação, bem como nas expressões de afeto; ausência das figuras paternais, desunião no núcleo familiar. Os adolescentes demonstraram uma afinidade maior com os amigos e pessoas da mesma faixa etária, além de destacarem nos aspectos negativos das relações interpessoais a falta de confiança, e nos aspectos positivos o respeito. O terceiro artigo objetivou apreender os conhecimentos e vivências dos adolescentes quanto às questões de saúde e cidadania relacionadas às suas vulnerabilidades e potencialidades. Trata-se de uma pesquisa-ação, caracterizada como estudo descritivo de abordagem qualitativa. A pesquisa ocorreu em uma escola pública estadual, do município de Recife - PE. Participaram, como sujeitos da pesquisa,21 adolescentes na faixa etária de 15 aos 18 anos. Para a coleta de dados foi utilizada a abordagem educativa de Círculo de Cultura. Os adolescentes parecem esclarecidos sobre situações como a prevenção da gravidez e das infecções sexualmente transmissíveis. Os jovens tratam assuntos como violência com grande naturalidade devido às situações presenciadas na comunidade. Durante a pesquisa buscou-se conhecer e estimular as potencialidades de cada um dos jovens, através de metodologias ativas. Muitas das potencialidades demonstradas pelos adolescentes não eram reconhecidas ou estimuladas.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17653
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dissertação final - SÍLVIA.pdf2.09 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons