Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17633
Title: A novel quantitative ecological and microbial risk assessment methodology: theory and applications
Authors: DUARTE, Heitor de Oliveira
Keywords: Avaliação quantitativa de risco;Análise de riscos ecológicos;Análise de riscos microbianos;Modelagem ecológica;Acidentes marítimos;Quantitative risk assessment;Ecological risk assessment;Microbial risk assessment;Ecological modeling;Maritime accidents
Issue Date: 18-Mar-2016
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: O meio-ambiente é um sistema complexo onde interagem humanos, meio ecológico (e.g., plantas, animais, micróbios), materiais (e.g., poluentes, medicinais) e condições meteorológicas/oceanográficas. O impacto humano tem potencial para causar danos significativos ao meio ecológico (e.g., potenciais vazamentos de petróleo na costa causam risco ao ecossistema costeiro, pesca industrial de atum causa risco aos tubarões que são pescados por acidente). Similarmente, o impacto humano pode se voltar contra o próprio humano ao favorecer o crescimento de populações de espécies indesejáveis (e.g., saneamento básico precário favorece o crescimento de populações de micróbios que causam risco de haver uma excessiva parcela de humanos doentes). Portanto, tem sido demandado um método eficiente de quantificar os riscos inerentes a sistemas onde populações de plantas, animais ou micróbios estejam envolvidas, de forma a dar suporte para o gerenciamento dos riscos em problemas de gestão ambiental, gestão pesqueira e saúde pública. Em primeiro lugar, este trabalho propõe uma metodologia capaz de quantificar riscos ecológicos (i.e., probabilidade de ocorrência de efeitos adversos no ecossistema, no longo prazo, devido à exposição a estressores como químicos, pesca, entre outros) ou microbianos (i.e., probabilidade de ocorrência de efeitos adversos em humanos, no longo prazo, devido à exposição a patógenos microbianos). Utilizase a modelagem populacional para simular futuras mudanças nas populações de espécies ecologicamente importantes (e.g., peixes, corais), ou indesejáveis (e.g., parasitas), quando condicionadas a cenários que simulam a influência do humano causando impacto e/ou gerindo os riscos. O risco é calculado em termos de probabilidade de extinção ou declínio, explosão ou crescimento, dessas populações ao longo do tempo. Em segundo lugar, aplica-se a metodologia para avaliar o risco inerente a quatro estudos de caso no Brasil. Cada um deles tem sua conclusão específica, como segue. (1) Análise de Risco Ecológico causado por potenciais acidentes marítimos no transporte de petróleo para o porto de Suape. Conclusão: baixo risco ecológico, porém significativo. (2) Análise de Risco Ecológico causado por potenciais acidentes marítimos na passagem de navios petroleiros ao largo de Fernando de Noronha. Conclusão: risco ecológico negligenciável, mas uma análise mais detalhada é necessária devido à escassez de dados. (3) Análise de Risco Microbiano à comunidade de Porto de Galinhas inerentes ao sistema de saneamento básico e programa de tratamento medicinal. Conclusão: alto risco microbiano, o nível de saneamento básico atual não é suficiente para conter a proliferação da doença esquistossomose, e o tratamento periódico de doentes não é eficiente para reduzir os riscos significativamente. (4) Análise de Risco Ecológico causado pela pesca industrial de atum em águas brasileiras. Conclusão: a pesca industrial de atuns não causa riscos significativos à população de tubarões Mako no oceano Atlântico Sul. Em cada estudo de caso, foram simulados diversos cenários condicionais para os próximos 100 anos, incluindo cenários adversos e cenários com medidas de controle dos riscos. Assim, foi possível quantificar a adição do risco causada por cada cenário adverso e a redução do risco causada por cada medida de controle. Desta forma, o gestor tem informação objetiva para priorizar cenários e avaliar o custo-benefício das medidas de controle. A principal conclusão deste trabalho é que a metodologia proposta provou-se ser praticável, útil e eficiente.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17633
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Engenharia de Produção

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
20160404 Tese final Duarte catalogada formato digital.pdf3.93 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons