Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1761
Title: Degradação de óleo diesel por consórcio microbiano misto isolado de ambiente poluído
Authors: de Souza Pereira Silva, Débora
Keywords: Poluição Ambiental; Biorremediação; Fitotoxicidade
Issue Date: 31-Jan-2012
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: de Souza Pereira Silva, Débora; de Fátima Vieira de Queiroz Souza, Maria. Degradação de óleo diesel por consórcio microbiano misto isolado de ambiente poluído. 2012. Dissertação (Mestrado). Programa de Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia Industrial, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2012.
Abstract: Este trabalho objetiva o estudo da degradação de óleo diesel por micro-organismos isolados de amostras poluídas por petroderivados. As culturas foram selecionadas para formar um consórcio, e foram submetidas a ensaios em frascos de acordo com um planejamento fatorial completo 2³, a fim de determinar a temperatura (25, 30 ou 35°C), concentração de inóculo (1, 2 ou 3 blocos com 0,8 mm de diâmetro) e relação C:N (10:1, 50:1 ou 90:1) mais favoráveis à biodegradação, a serem utilizados no experimento conduzido em batelada em biorreator. Os micro-organismos com maior potencialidade para degradar óleo diesel e sem desenvolver atividade antagônica foram identificados como Staphylococcus saprophyticus UFPEDA 800, Serratia marcescens UFPEDA 839, Rhodotorula aurantiaca UFPEDA 845 e Candida ernobii UFPEDA 862, os quais formaram um consórcio microbiano misto, envolvendo bactérias e leveduras. Constatou-se, no planejamento fatorial, que o aumento da relação C:N favoreceu a biodegradação da fonte oleosa enquanto que o aumento da temperatura influenciou de forma desfavorável no referido processo, para uma significância estatística de 95%. Durante o processo em biorreator, foi verificado os seguintes resultados: aumento gradual de biomassa, redução (acima de 69 %) de todos os n-alcanos pertencentes à faixa de C9 a C21 , diminuição da tensão superficial (redução de 23,2%), e diminuição da toxicidade de sementes de hortaliças (germinação acima de 65%). Portanto, o consórcio microbiano misto selecionado apresenta potencialidade para degradar constituintes majoritários do óleo Diesel, podendo ser utilizado em processos de biorremediação de locais poluídos por esse combustível e a manutenção de condições apropriadas conduz a transformação dessa fonte oleosa em compostos menos tóxicos
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1761
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Biotecnologia Industrial

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo9610_1.pdf1.71 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.