Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17609
Título: Memória da ciência e da tecnologia: preservação do Patrimônio Cultural Brasileiro
Autor(es): GRIMALDI, Stphanie Sa Leitao
Palavras-chave: Memória; Patrimônio; Ciência e Tecnologia; Cultura; Política Nacional de Memória da Ciência e da Tecnologia; Memory; Patrimony; Science and Technology; Culture; National Politics of Science and Technology Memory
Data do documento: 25-Fev-2016
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: Estuda as práticas de preservação da memória nas Unidades de Pesquisa ligadas ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). Tem como objetivo maior analisar as iniciativas de preservação do patrimônio cultural das informações científicas e tecnológicas propostas pela quinta ação do Relatório da Política Nacional de Memória da Ciência e da Tecnologia nas unidades de pesquisa do MCTI localizadas na região Nordeste. Estabelece, como hipótese, que as Unidades não possuem uma cultura de preservação da memória de C&T, não atribuindo a essas informações o caráter de patrimônio, portanto, impossibilitam efetivas ações estratégicas de preservação ao patrimônio de C&T propostas na política mencionada. Como objetivos específicos: apresentar a relação teórico-conceitual de Cultura com a Ciência, Tecnologia, Memória e Patrimônio; demonstrar que as produções de C&T são partes do Patrimônio Cultural Nacional e constituem a memória social do Brasil; identificar a natureza das informações Científicas e Tecnológicas produzidas nas unidades de pesquisa do MCTI localizadas na região Nordeste; identificar as ações de preservação do patrimônio cultural de C&T nas unidades de pesquisa da amostra; descrever as estratégias de resgate, preservação e difusão da memória da C&T no país que vem sendo utilizadas nos institutos de pesquisa da amostra. Fundamentada no conceito de cultura de forma semiótica (GEERTZ, 1978), apresenta a relação entre a significação atribuída às informações científicas e tecnológicas tomadas como patrimoniais, responsáveis pela preservação de sua memória e as ações desenvolvidas nas Unidades de Pesquisa da amostra. Utiliza-se para isso do método dos quatro polos – epistemológico, teórico, técnico e morfológico - para dar segmento à investigação por meio de uma estrutura sistêmica e completa. Dentro do polo técnico, por meio de uma pesquisa exploratória, utilizou-se a pesquisa bibliográfica e a análise documental para fundamentação dos conceitos correlacionados ao tema, e investigação das Instituições presentes na amostra. Utilizou-se do instrumento do questionário para coletar informações nas Unidades, apoiadas no referencial teórico desta pesquisa. Como resultado, foi identificada a natureza das informações produzidas nas Unidades da amostra, seu espaço, acondicionamento, pessoal especializado e práticas de preservação. Além disso, foram mapeadas dentro das Unidades de Pesquisa ligadas ao MCTI as que possuem práticas de preservação significativas quanto às informações de C&T e suas possíveis relações com as práticas existentes nas Unidades de pesquisa da amostra.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17609
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Ciência da Informação

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Stphanie Versão Final_01-04.pdf1,9 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons