Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17506
Título: Adaptação Transcutural da Escala de Representações Sociais do Consumo de Álcool e Drogas em Adolescente para o Brasil
Autor(es): SILVA, Thassia Thame de Moura
Palavras-chave: Adolescente; Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias; Educação em Saúde; Estudos de Validação; Adolescent; Related Disorders Substance; Health Education; Validation Studies
Data do documento: 25-Fev-2015
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: Durante a adolescência o indivíduo busca mais fortemente seu universo de experimentações e identificações, e pode apresentar maior susceptibilidade ao uso abusivo de drogas. Uma das formas de produzir o cuidado a essa população, frente às demandas da sociedade relacionada à problemática das drogas, seria por meio da elaboração de estratégias de Educação em Saúde. Conhecer as Representações Sociais dos adolescentes perante as drogas propicia a elaboração de ações em saúde direcionadas às demandas deste grupo, possibilitando a promoção do cuidado transcultural e singular. Para tanto, esta dissertação objetivou adaptar e validar a Escala de Representações Sociais do Consumo de Álcool e Drogas em Adolescentes para uso no Brasil; os resultados deste estudo são apresentados no formato de dois artigos científicos. O primeiro referente a um estudo de Revisão Integrativa que objetivou identificar as evidências científicas relacionadas às atitudes e crenças dos adolescentes frente ao uso abusivo de drogas. Nesta pesquisa, foi realizado o levantamento nas bases de dados LILACS, MEDLINE, BDENF, SCOPUS e nas bibliotecas virtuais Cochrane e Scielo através dos descritores: comportamento do adolescente; conhecimentos, atitudes e prática em saúde e transtornos relacionados ao uso de substâncias. Obteve-se um total de 11 artigos analisados na integra, os quais identificaram que as atitudes e crenças de adolescentes tem relação com as estruturas relacionadas à família, regras morais, religião, gênero e grupo social. Como conclusão deste estudo identifica-se que os adolescentes necessitam de informações mais efetivas e permanentes sobre as consequências do uso abusivo destas substâncias. O segundo artigo: Adaptação Transcultural da escala de Representações Sociais do consumo de álcool e drogas em adolescentes para o Brasil. Trata-se de um estudo metodológico quantitativo. O desenvolvimento desta pesquisa foi realizado em duas etapas, sendo um processo de adaptação e o outro de validação do conteúdo. Como resultados verificou-se que 28% dos itens foram alterados durante a adaptação transcultural em correspondência à equivalência semântica. Durante o processo de validação 48% dos itens do instrumento foram modificados, considerando os critérios de clareza, relevância e Índice de Validade de Conteúdo. O instrumento obteve concordância geral de 81%, o que evidencia a pertinência e validade de todos os itens da escala, diante o contexto cultural da população adolescente escolarizada brasileira. Essa escala validada para o Brasil possibilitará o reconhecimento sistemático dos valores, atitudes, crenças dos adolescentes sobre a temática das drogas, suscitando à elaboração de ações de atenção à saúde do adolescente, em prevenção ao uso abusivo de drogas, com alto padrão de eficácia.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17506
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Enfermagem

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
dissertação com ficha catalográfica.pdf1,5 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons