Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17452
Title: Associação entre obesidade e câncer: análise proteômica
Authors: SIQUEIRA, Luciana Teixeira de
Keywords: Obesidade.;Câncer.;Biomarcadores;Proteômica
Issue Date: 10-Feb-2014
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: Introdução: A obesidade tem sido associada ao desenvolvimento e progressão de diferentes tipos de câncer. Vários mecanismos tentam explicar essa associação, mas há uma necessidade de melhor compreensão dos processos biológicos relacionando câncer e obesidade. A análise proteômica poderá fornecer o conhecimento a nível molecular de fatores envolvidos nesta associação, inferindo-a na prática clínica a partir de novas alternativas de prevenção e tratamento. Objetivos: Analisar o perfil de proteínas significativamente expressas no plasma de pacientes obesos no pré-operatório e seis meses após a cirurgia, avaliando, de maneira prospectiva, os efeitos da perda de peso na regulação da expressão de proteínas relacionadas ao aparecimento de tumores, através do IMC e percentual de perda de peso, bem como avaliar a influência da insulina na expressão das proteínas potencialmente carcinogênicas antes e após a cirurgia bariátrica. Métodos: Foram estudados 40 pacientes, selecionados em dois grupos: controle (n=10) e obesos (n=30), o último foi estratificado, para afastar variáveis de confusão, de acordo com a técnica cirúrgica (Derivação gástrica em Y de Roux, DGYR, n=11 e Gastrectomia vertical, GV, n=19), o IMC (≤ 40 kg/m2 e >40 Kg/m2) e concentração sérica de insulina (≤21 mU/L e >21 mU/L). Foram coletadas amostras de sangue para análise proteômica, através do plasma, utilizando a eletroforese bidimensional. As proteínas foram identificadas pelo TagIdent tool Expert protein Analysis System (Expasy), através do ponto isoelétrico (pI) e peso molecular da proteína; espécie Homo sapiens. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa em seres humanos do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Federal de Pernambuco. Resultados: Foram identificadas seis proteínas relacionadas à carcinogênese, hiperexpressas nos pacientes obesos, que não estavam presentes no grupo controle e tornaram-se ausentes após a cirurgia. Tais proteínas foram o Receptor da apolipoproteína B, o Receptor beta do fator de crescimento derivado de plaquetas, a Trombospondina- 2, o receptor da Lipoproteína de baixa densidade, a Transtirretina e a Podoplanina. Ainda, foram identificadas duas proteínas carcinogênicas hiperexpressas em todos os subgrupos, mais nos pacientes com obesidade grave (IMC>40 Kg/m2) e hiperinsulinemia (>21 mU/L), a saber: a tetraspanina-13 e a proteína de ligação de ácido graxo hepática (FABPL). Essas não foram mais expressas após o procedimento cirúrgico. A apoliporpoteína A1 estava hiperexpressa em todos os subgrupos no pré-operatório, permanecendo após a cirurgia, independente do percentual de perda de peso, porém desapareceu nos pacientes com hiperinsulinemia. Finalmente, a Calicreína 11, foi detectada em todos os grupos de obesos, pré-operatório, permanecendo presente após a cirurgia, exceto no grupo com obesidade grave e hiperinsulinemia e no grupo que apresentou menor percentual de perda de peso. Conclusão: Na amostra estudada, foram identificadas proteínas potencialmente carcinogênicas nos pacientes portadores de obesidade: Receptor da apolipoproteína B, o Receptor beta do fator de crescimento derivado de plaquetas, a Trombospondina- 2, o receptor da Lipoproteína de baixa densidade, a Transtirretina e a Podoplanina. A perda de peso induzida pela cirurgia promoveu o desaparecimento dessas proteínas. A mudança nos níveis séricos de insulina influenciou na expressão da ApoA1 após a cirurgia; A calicreína 11 não foi influenciada pela perda de peso nem pela mudança nos níveis de insulina.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17452
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Cirurgia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE FINAL - BIBLIOTECA- luciana.pdf2.07 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons