Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1730
Título: A relação governo e sociedade na gestão da política pública de esporte e lazer no Governo do Estado - gestão 1999-2001 : analisndo o projeto "idosos em movimento"
Autor(es): da Conceição Araújo, Maria
Palavras-chave: Sociedade;Esporte e Lazer;Idosos
Data do documento: 2003
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: da Conceição Araújo, Maria; Tavares da Silva, Gustavo. A relação governo e sociedade na gestão da política pública de esporte e lazer no Governo do Estado - gestão 1999-2001 : analisndo o projeto "idosos em movimento". 2003. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Ciência Política, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2003.
Resumo: O estudo tem como objetivo identificar de que forma a proposta participativa do governo estadual se materializa na gestão da política pública de esporte e lazer através do projeto Idosos em Movimento tomando como eixo central a relação entre a concepção de gestão participativa proposta pelo governo e o que efetivamente ocorre ao nível concreto de uma política pública específica. O trabalho tomou como referência teórico-metodológica os elementos postos pela abordagem dialética histórico-estrutural, buscando apreender tantos os aspectos quantitativos como qualitativos constitutivos da realidade social por meio dos quais se expressam os aspectos relacionados ao objeto de estudo. A opção pelo projeto "Idosos em Movimento" se deu em função do mesmo apresentar-se como um projeto modelo da Diretoria de Esportes e apresentar características participativas que o diferenciavam das demais ações desenvolvidas por aquela diretoria. Os dados foram levantados através de documentos oficiais referentes a concepção do projeto "Idosos em Movimento" e de entrevistas com os gestores e lideranças dos grupos de 3a idade da capital e área metropolitana. As análises dos dados revelaram uma distanciamento entre a proposta participativa do governo estadual e o que efetivamente ocorreu ao nível da prática concreta do projeto "Idosos em Movimento". Os dados apontaram ainda para o fato que a gestão do projeto se caracteriza como tradicional na medida em que as decisões foram centralizadas pela tecnocracia, não havendo inversão de prioridades. A sociedade participa apenas de questões secundárias não tendo oportunidade de influir na concepção e no possível redirecionamento do mesmo
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1730
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Ciência Política

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo4972_1.pdf707,76 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.